Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/21958
Title: Efeito do enriquecimento no Time Budget e na utilização do habitat em linces euroasiáticos, Lynx lynx
Author: Santos, Henrique Jorge Sousa Almeida
Advisor: Luís, António Manuel Silva
Morais, Maria Inês de Paula Coelho Canavarro de
Keywords: Lince
Jardins zoológicos
Defense Date: 2017
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Ao longo dos anos, os Parques Zoológicos têm vindo a melhorar a qualidade de vida dos animais e a complexidade dos habitats. No entanto, inúmeras espécies mantidas em cativeiro apresentam dificuldades em se adaptarem a habitats artificiais que nem sempre simulam as condições do meio natural. É comum desenvolverem-se, nestes ambientes, níveis de stresse elevado, distúrbios comportamentais e complicações a nível da saúde e reprodução. A utilização de enriquecimento ambiental é uma prática comum para permitir o desenvolvimento e/ou reaprendizagem de comportamentos naturais da espécie. O presente estudo compara os efeitos do enriquecimento nos níveis de inatividade dos animais e na utilização espacial do habitat, bem como avalia a preferência dos animais face aos vários tipos de enriquecimentos. A população em estudo conta com três linces euroasiáticos (Lynx lynx), duas fêmeas (Vicky e Olive) e um macho (Bill) no Zoo de Santo Inácio. Para determinar se os níveis de inatividade eram demasiado elevados e se os animais faziam uso de todo o habitat, os linces foram observados em três períodos do dia, recorrendo ao método de amostragem Scan Sampling, após o desenvolvimento de um etograma específico com oito categorias comportamentais. Os resultados demonstraram que os animais apresentavam uma taxa de inatividade normal (78% a 93%). O enriquecimento revelou efeitos mais controversos do que o expectável, induzindo um aumento da taxa de inatividade nas fêmeas (variação significativa para a Olive, p<0,038), e uma redução no macho (p<0,022). Para o efeito do enriquecimento na utilização do habitat, observou-se que o enriquecimento induziu um aumento do tempo despendido em duas áreas do habitat, , contrariamente ao expectado. Por fim, observaram-se diferenças na interação e preferência dos tipos de enriquecimentos apresentados. Os linces preferiram enriquecimentos pequenos, com mobilidade, alimentares e odoríferos (sangue).
Over the years, Zoological parks have contributed to the improvement of the quality of life of animals and the complexity of habitats. However, many species kept in captivity have difficulties adapting to artificial habitats that do not simulate the conditions of the natural environment. This often leads to the development of high levels of stress, behavioral disorders and complications in health and reproduction. The use of environmental enrichment is a common practice that allows the development and/or relearning of natural behaviors of the species. The present study compares the effects of enrichment on the levels of inactivity of the animals and on the spatial use of the habitat, as well as, evaluates the preference of the animals in relation to the various types of enrichment. The study population has three Eurasian lynxes (Lynx lynx), two females (Vicky and Olive) and one male (Bill) in the Santo Inácio Zoo. To determine if the inactivity levels were too high and if the animals used the whole habitat, they were observed at three periods of the day using the Scan Sampling method, after the development of a specific etogram with 8 behavioral categories. The results showed that the animals had a normal inactivity rate (78% to 93%). Enrichment revealed more controversial than expected effects, inducing an increase in the inactivity rate in females (significant variation for Olive, p<0,038), and a reduction in the male (p<0,022). For the enrichment effect of habitat use, it was observed that enrichment induced an increase in time spent in two habitat areas, contrary to the expected. Finally, we observed differences in the interaction and preference of the types of enrichment presented. The lynxs preferred small enrichments, with mobility, food and odor (blood).
Description: Mestrado em Biologia Aplicada
URI: http://hdl.handle.net/10773/21958
Appears in Collections:DBio - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.pdf2.04 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.