Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/19167
Title: Design português de tipos digitais: (1990–2010): da procura de sinais identitários à construção de uma plataforma de divulgação
Author: Freitas, Vítor Manuel Quelhas Alves de
Advisor: Branco, Vasco Afonso da Silva
Fonseca, Rui Jorge Leal Ferreira Mendonça da
Keywords: Design
História do design - Portugal - 1990-2010
Tipografia
Tecnologias da informação e da comunicação
Multimédia interactiva
Defense Date: 2017
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Este estudo tem por objetivos caracterizar o design português de tipos digitais (1990–2010), procurando sinais identitários, de modo a contribuir para a clarificação da sua evolução, a partir de uma matriz analítica orientada pelo design. Adicionalmente, construir e desenvolver uma plataforma digital e interativa que contribua para uma maior consolidação, divulgação e utilização dos tipos digitais nacionais. O design de tipos digitais é um fenómeno relativamente recente e em crescimento. Embora o trabalho dos designers de tipos nacionais seja reconhecido internacionalmente, pouco se conhece sobre os seus percursos, processos de trabalho, artefactos e utilizações. A presente investigação dividiu-se em dois estudos principais para responder aos objetivos propostos. No primeiro estudo, procedeu-se à recolha e análise de dados através de entrevista semiestruturada organizada em seis dimensões: pessoas, processos, artefactos, usos, identidade e plataforma. A amostra foi constituída por dez designers portugueses de tipos digitais. As entrevistas foram analisadas através de metodologias de análise de conteúdo. No segundo estudo, construiu-se e avaliou-se um protótipo de plataforma digital, recorrendo a metodologias mistas de investigação-ação. Estabeleceram-se critérios e definiram-se categorias para organizar a produção de tipos num sistema flexível de categorização cruzada, de acordo com a disponibilidade, estilo e função. Foram ainda incluídos métodos de ordenação e componentes descritivos adicionais. Para avaliar o protótipo final, procedeu-se a um estudo empírico através de um questionário para medir a perceção e atitudes face à plataforma. A amostra foi constituída por 311 inquiridos, entre estudantes de design, professores e profissionais. A análise prosseguiu através de estatística descritiva e inferencial. Os resultados revelam que os enquadramentos sociocultural, económico e tecnológico em Portugal influenciam os processos, produtos e usos de tipos. Os designers consideram difícil identificar traços da cultura portuguesa nos seus tipos, na medida em que as influências se tornam cada vez mais globais. Constatou-se que o protótipo da plataforma digital permite um maior desenvolvimento do conhecimento entre os artefactos, os utilizadores e autores, bem como dos processos e usos. Estes resultados contribuem não só para a evolução do ensino e da profissão, mas também para ampliar o conhecimento e reconhecimento do design português de tipos digitais pelos especialistas e público em geral.
This study aims to characterise the Portuguese digital type design (1990– 2010), looking for signs in terms of identity, contributing to the clarification of its evolution, stemming from an analytical matrix oriented by design. Moreover, to build and develop a digital and interactive platform which may contribute to the consolidation, dissemination and use of Portuguese digital typefaces. Digital type design is a relatively new and growing phenomenon. Although the work of Portuguese type designers is internationally recognised, little is known about their paths, work processes, artefacts and uses. This research was divided into two main studies to answer the presented objectives. In the first study, the data collection and analysis were accomplished through a semi structured interview organised in six dimensions: people, processes, artefacts, uses, identity and platform; and documentary analysis. The sample was formed by ten Portuguese digital type designers. The interviews were analysed through content analysis methodologies. In the second study, a prototype of digital platform was built and evaluated using action-research methodologies. Criteria were established and categories were defined to organise type production in a flexible system of crossed categorisation, in accordance with availability, style and function. Sorting methods and additional descriptive components were also included. To assess the final prototype an empirical study was conducted through a questionnaire to measure perception and attitudes towards the platform. The sample was formed by 311 respondents among design students, teachers and professionals. The analysis was accomplished through descriptive and inferential statistics. The results show that the sociocultural, economic and technological contexts in Portugal influence the processes, products and use of type. Designers find it difficult to identify features of the Portuguese culture in their typefaces, as influences are increasingly global. The prototype of the digital platform was found to allow further development of the knowledge and dissemination of authors, processes, artefacts and uses before the users. These results contribute not only to the teaching and profession evolution, but also to enlarge the knowledge and acknowledgement of the Portuguese digital type design before experts and general public.
Description: Doutoramento em Design
URI: http://hdl.handle.net/10773/19167
Appears in Collections:DECA - Teses de doutoramento
UA - Teses de doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_vitorquelhas.pdf73.98 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.