Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/15134
Title: Expressões idiomáticas em crianças com e sem deficiência auditiva
Author: Martins, Beatriz de Ornelas
Advisor: Coimbra, Rosa Lídia
Keywords: Ciências da fala e da audição
Deficiências auditivas - Crianças
Expressões idiomáticas
Defense Date: 2015
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O presente trabalho propõe-se analisar as capacidades de compreensão de Expressões Idiomáticas em crianças com deficiência auditiva. O grupo experimental foi constituído por dez crianças com deficiência auditiva. O grupo de controlo é constituído por dez crianças com um desenvolvimento típico da linguagem. Todas as crianças são falantes nativas do português europeu. A faixa etária do estudo foi dos cinco aos dez anos de idade, desde o pré-escolar até ao quarto ano de escolaridade. Para analisar a compreensão de Expressões Idiomáticas foi construído um instrumento de recolha de dados baseado em outros instrumentos já construídos e validados por diferentes investigadores que se dedicam ao estudo do sentido figurado. Os resultados obtidos mostram uma diferença clara no desempenho entre os dois grupos, com melhores resultados para as crianças com desenvolvimento típico da linguagem. As Expressões Idiomáticas congruentes revelam ser de compreensão mais fácil do que as incongruentes para ambos os grupos. As crianças do pré-escolar e do primeiro ano de escolaridade demonstram resultados semelhantes nos dois grupos. As crianças com deficiência auditiva realizam mais interpretações literais das Expressões Idiomáticas quando comparadas com as crianças com desenvolvimento típico da linguagem inquiridas nesta pesquisa.
The following study has the main goal of analyzing the comprehension of idioms in children with hearing impairment. The experimental group consists of ten children with hearing impairment. The control group consist of ten children with typical language development. All children are native speakers of European Portuguese. The age range of the study was between five and ten years old, from preschool to the fourth grade. To analyse the comprehension of idioms was built a data collection tool based on other instruments built and validated by different researchers who are dedicated to the study of figurative sense. The results show a clear difference in the performance of the two groups, with better outcomes for children with typical language development. Congruent idioms turn out to be more easily understood than the incongruous for both groups. Children from preschool and first grade show similar results in both groups. Children with hearing impairment achieve more literal interpretations of idioms when compared to children with typical language development surveyed in this research.
Description: Mestrado em Ciências da Fala e da Audição
URI: http://hdl.handle.net/10773/15134
Appears in Collections:DCM - Dissertações de mestrado
DLC - Dissertações de mestrado
DETI - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_Beatriz_Ornelas_2015.pdf1.27 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.