Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/9207
Title: Modelo de valorização do direito desportivo resultante da formação
Author: Cruz, Sérgio Nuno da Silva Ravara Almeida
Advisor: Santos, Luis Lima
Azevedo, Graça Maria do Carmo
Keywords: Contabilidade
Futebol: Portugal: Brasil
Capital humano
Formação profissional
Avaliação de custos
Direito do trabalho
Defense Date: 2012
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Nas empresas desportivas o principal ativo é o direito desportivo sobre o jogador profissional. O nosso estudo debruça-se no resultante da formação. Começámos por verificar que o direito desportivo preenche os requisitos para ser reconhecido como ativo intangível. Posteriormente analisámos os relatórios e contas de clubes europeus e de clubes brasileiros de modo a identificarmos semelhanças e diferenças ao nível contabilístico dos ativos intangíveis resultantes da formação, um dos nossos objetivos. Verificámos que a principal diferença reside no não reconhecimento do direito desportivo resultante da formação pelos primeiros, contrariamente à prática verificada nos clubes brasileiros. No cenário atual, pelo menos, os clubes europeus não proporcionam informação plena e a comparabilidade entre clubes encontra-se comprometida. Por conseguinte, outro dos nossos objetivos é propor um modelo que permita valorizar com fiabilidade o direito desportivo resultante da formação. A conceção do modelo teve o auxílio dos clubes portugueses e brasileiros, através da resposta a um inquérito dirigido a clubes europeus e brasileiros. Esta metodologia possibilitou, igualmente, confirmar conclusões resultantes da análise da informação contabilística elaborada pelos clubes e identificar outros pontos de contacto e de afastamento entre os clubes relativamente a jogadores formados internamente e ao reconhecimento inicial do direito desportivo. Concluímos que em Portugal existe informação contabilística incompleta sobre os jogadores formados internamente, dado os clubes portugueses considerarem não existir um critério de valorização fiável, e sobre os jogadores que chegam em fim de contrato. Por outro lado, todos os clubes brasileiros respondentes valorizam e reconhecem o direito desportivo resultante da formação como ativo intangível com base nos encargos com a formação do jogador. Por fim, apresentamos a nossa proposta de modelo assente no custo de formação, com a aplicação do método dos centros de gastos. Os componentes incluídos tiveram em conta a opinião dos clubes, tendo posteriormente sido efetuada a análise de clusters e a seleção final de acordo com a IAS 38 da UE. A nossa proposta foi validada junto de agentes com conhecimento e experiência sobre o fenómeno em estudo através de entrevista.
In sports companies the most important asset is the professional players’ registrations. Our study focuses on the home grown players’ registration. We began to check that players’ registrations complied with the requirements for the recognition as an intangible asset. Subsequently, we examined the annual report and accounts of European and Brazilian clubs in order to identify the accounting similarities and differences, which is one of ours goals. We found that the main difference is the non recognition of the home grown players’ registration by the first, contrary to the practice observed in Brazil. In the current scenario, European clubs do not provide full information and the comparability between clubs is at stake. One of the goals of our research is to propose a model that allows reliable measurement of the home grown players’ registration. The construction of the model had the help of Portuguese and Brazilian clubs through their answers to a survey. This methodology allowed us to confirm the conclusions we took from the analysis of the accounting information of the clubs and also identify other similarities and differences between the clubs regarding the recognition of the home grown players and the initial recognition of players’ registration. We concluded that in Portugal there is incomplete accounting information about the home grown players because Portuguese clubs consider that there is not a reliable measurement criteria, and also for the players who come in free transfer. Furthermore, all Brazilian clubs that answered the survey measure and recognize the home grown players’ registration as an intangible asset based on training costs of the player. Finally, we present our model based on training cost, with the method of cost centre. The components included the point of view of the clubs and subsequently was made the cluster analysis and final selection in accordance with IAS 38 of the EU. Our proposal has been validated with people with recognized knowledge and experience on the subject using interviews.
Description: Doutoramento em Contabilidade
URI: http://hdl.handle.net/10773/9207
Appears in Collections:DEGEI - Teses de doutoramento
UA - Teses de doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese.pdf2.42 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.