Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/29262
Title: Os principais fatores de competitividade do destino Porto
Author: Fonseca, Sofia Sampaio Rodrigues Rebelo da
Advisor: Costa, Rui Augusto da
Keywords: Turismo
Destinos turísticos
Competitividade de destinos
Fatores de competitividade
Porto
Defense Date: 20-Dec-2019
Abstract: A competitividade é um fenómeno bastante marcante na realidade empresarial, especialmente no contexto contemporâneo. À parte dessa esfera, este conceito também se aplica ao turismo, mais precisamente à escala dos destinos. Avaliar o seu desempenho não é uma tarefa simples devido à complexidade da sua natureza ainda que tenham sido criados modelos para tentar obter resultados mais concretos que as entidades de gestão de destinos possam utilizar de forma a ter mais consciência da sua situação. Nos últimos anos, o Porto tem vindo a conquistar um lugar de destaque no panorama turístico, o que desencadeou necessidade e curiosidade em saber quais são os fatores que mais contribuem para a competitividade deste destino face aos seus concorrentes. Para tal, neste trabalho recorreu-se a uma metodologia qualitativa, recolhendo-se dados com a realização de entrevistas semiestruturadas a sete representantes da oferta turística da cidade, um representante de uma associação empresarial e um perito relacionado com o setor do turismo. Os resultados indicam que as forças competitivas do destino estudado se prendem essencialmente com as pessoas, o clima, o alojamento, a gastronomia e restauração, o aeroporto e, a segurança, porém existem também fraquezas a ser trabalhadas. O turismo desempenha um papel de relevo no quadro económico, social, cultural, arquitetónico e urbanístico do Porto, contudo, com o aumento dos fluxos turísticos, ergueu-se uma pressão acrescida exercida em vários setores da cidade que se começa a revelar nociva para a comunidade local. Com esta afirmação em mente, o destino deve reforçar a sua competitividade, mas tendo em atenção a sua capacidade de carga e o bem-estar dos residentes.
Competitiveness is a remarkable phenomenon in business reality, especially in the contemporary context. Apart from this sphere, this concept also applies to tourism, more precisely at the scale of destinations. Assessing your performance is not a simple task because of the complexity of its nature even though models have been created to try to achieve more concrete results that destination management entities can use to be more aware of their situation. In recent years, Porto has been gaining a prominent place in the tourism landscape, which triggered the need and curiosity to know what are the factors that most contribute to the competitiveness of this destination vis-à-vis its competitors. To this end, a qualitative methodology was used in this work, collecting data through semi-structured interviews with seven representatives of the city's tourism offer, a representative of a business association and an expert related to the tourism sector. The results indicate that the competitive forces of the studied destination are essentially people, climate, housing, gastronomy and catering, the airport and security, but there are also weaknesses to be addressed. Tourism plays an important role in the economic, social, cultural, architectural and urban environment of Porto. However, with the increase in tourist flows, increased pressure has been exerted in various sectors of the city, which is starting to be harmful to the city. local community. With this statement in mind, fate must strengthen its competitiveness, but taking into account its carrying capacity and the welfare of residents.
URI: http://hdl.handle.net/10773/29262
Appears in Collections:DEGEIT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_SofiaFonseca.pdf1.58 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.