Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/29024
Title: Aumento da disponibilidade das máquinas de injeção automáticas na OLI através da metodologia TPM
Author: Lourenço, Ana Filipa Teixeira
Advisor: Ferreira, Carlos Manuel dos Santos
Keywords: Total Productive Maintenance (TPM)
Manutenção autónoma
Overall Equipment Effectiveness (OEE)
Disponibilidade
Máquinas de injeção de plástico
Defense Date: 27-Jul-2020
Abstract: O presente projeto foi desenvolvido na OLI – Sistemas Sanitários, S.A. tendo como principal objetivo o aumento da disponibilidade das máquinas de injeção automáticas através da metodologia TPM, incidindo em particular no pilar da manutenção autónoma e contando com o apoio de algumas ferramentas Lean. A implementação do TPM, com as ferramentas necessárias e o compromisso de todos, permite melhorar o desempenho das atividades de manutenção de uma empresa através da redução falhas e defeitos e, assim, maximizar a eficiência global dos equipamentos, medida pelo OEE. Para atingir o objetivo deste projeto, foi efetuada uma análise à situação inicial que identificou os tipos de máquinas de injeção existentes no Departamento de Injeção (DIN) e as principais causas das suas paragens. Do mesmo modo, foi possível identificar quais os subconjuntos mais críticos em cada uma das tipologias de máquinas em estudo e quais os tipos de avarias associados. De seguida, foram elaborados os Planos de Manutenção Autónoma (PMA) dos equipamentos, de forma a que alguns dos problemas encontrados pudessem ser reduzidos e/ou eliminados, através de tarefas básicas de limpeza, verificação e inspeção realizadas pelos operadores. Além dos PMA’s foram criadas instruções de trabalho acerca de cada uma das tarefas do PMA, assim é possível facilitar o operador no seu trabalho de inspeção. Em relação às ferramentas Lean utilizadas como apoio ao TPM recorreu-se à gestão visual e aos 5S’s. No que toca à gestão visual foram efetuadas algumas ações como a colocação de pictogramas no local da máquina em que se devia realizar determinada tarefa do PMA e foram identificadas as mangueiras dos termorreguladores, visto que muitas vezes eram trocadas. Além disso, foram aplicados os 5S’s nas zonas de trabalho. A formação dos operadores seria o próximo passo neste projeto, para que os planos de manutenção autónoma começassem a ser efetuados, gerando os respetivos resultados. No entanto, face à suspensão do estágio, devido à pandemia do Covid-19, estas ações não foram iniciadas pelo que não é possível estabelecer uma comparação e correspondente avaliação.
The following project has been developed at OLI – Sistemas Sanitários, S.A., having as main goal the increasing of the availability of automatic injection machines using the TPM methodology, focusing on autonomous maintenance pillar, in particular, and having the support of some Lean tools. The implementation of the TPM, with the necessary tools and the commitment of all, allows improving the performance of the maintenance activities of a company by reducing failures and defects and, thus, maximizing the global efficiency of the equipment, measured by the OEE. To achieve the objective of this project, an analysis of the initial situation was made in which the types of injection machines existing in Injection Department and the main causes of their stops were identified. Likewise, it was possible to identify the most critical subsets in each typology of machines being studied and what kind types of failures are related to them. Then, the Autonomous Maintenance Plans (AMP) of the equipment were elaborated, so that some of the found problems could be reduced and/or eliminated, through basic cleaning, verification and inspection tasks carried out by the operators. In addition to the AMP, work instructions have been created about each of the tasks in the plan, so it is possible to facilitate the operator in his inspection work. Regarding the Lean tools used to support TPM, visual management and 5S´s were used. As regard to visual management, some actions were carried out, such as placing pictograms at the machine area where an AMP task was to be carried out, and the hoses of the thermoregulators were identified, since they were often changed. In addition, 5S’s were applied to the working areas. The training of operators would be the next step in this project, so that autonomous maintenance plans could start being carried out, generating the respective results. However, in the face of the suspension of the internship due to the Covid-19 pandemic, these actions have not been initiated and therefore it is not possible to establish a comparison and corresponding evaluation.
URI: http://hdl.handle.net/10773/29024
Appears in Collections:DEGEIT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Relatório de Projeto_versao Final_Ana Lourenço.pdf4.38 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.