Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/26870
Title: Adivinhas e desenvolvimento da inferência na educação pré-escolar
Author: Mano, Ana Rita Fernandes
Advisor: Sá, Cristina
Keywords: Competência inferencial
Adivinha
Educação pré-escolar
Defense Date: 20-Nov-2018
Abstract: O presente estudo pretendia desenvolver a competência inferencial em crianças a frequentar a Educação Pré-Escolar mediante o recurso a adivinhas. Com a realização deste projeto, pretendíamos obter resposta para a seguinte questão de investigação: Que efeito terá a exploração de adivinhas no desenvolvimento da capacidade inferencial em crianças a frequentar a Educação Pré-Escolar? O nosso objetivo de investigação era: desenvolver competências em inferência em crianças a frequentar a Educação Pré-Escolar, tirando proveito do lado lúdico da adivinha e do uso que faz do pensamento inferencial. Assim, concebemos e implementamos uma intervenção didática, incluindo cinco sessões, que incidiu sobre a realização de inferências pragmáticas (de objeto, agente, lugar e tempo) a partir de adivinhas apresentadas às crianças e de adivinhas que elas próprias produziram. Recorrendo a uma metodologia de investigação de índole qualitativa, baseada no estudo de caso, recolhemos dados relativos ao desempenho das crianças em atividades envolvendo a exploração de adivinhas e a sua criação. A análise de conteúdo dos dados recolhidos revelou que estas crianças tinham efetivamente desenvolvido a sua competência inferencial, um elemento-chave da compreensão oral e escrita. No entanto, apresentavam algumas dificuldades nas situações que envolviam inferências de agente e tempo
This study aimed to develop the ability to make inferences in children attending a kindergarten (3-5 year old) using riddles. The project was supposed to help find answers for a research question: In what way the exploration of riddles will affect the ability to make inferences in children attending kindergarten? Our research objective was the following one: To develop the ability to make inferences in children attending kindergarten through the exploration of riddles and taking profit of their amusing nature and their use of inference. With this purpose, we conceived and applied a didactic intervention, including five sessions, focused on the elaboration of pragmatic inferences (object, agent, time and place) through the exploration and the production of riddles. Using a qualitative research methodology, based on case study, we collected data concerning the children’s ability to make inferences by involving them in activities related with finding the answers for riddles and creating their own riddles. The content analysis of the data revealed that these children had really developed their ability to make several kinds of inferences, a key element of oral and written comprehension. Nevertheless, they were less able when the riddles demanded inferences concerning agent and time
URI: http://hdl.handle.net/10773/26870
Appears in Collections:DEP - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Documento.pdf2.94 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.