Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/25798
Title: Gestão do conhecimento: um estudo no âmbito das empresas de telecomunicações
Author: Loureiro, Joaquim Luís Figueiras da Costa
Advisor: Santiago, Rui
Defense Date: 2001
Abstract: Com a emergência da Era do Conhecimento, tem sido reconhecido por todos que os activos intangíveis de uma organização serão essenciais tanto na capacidade de criar vantagem competitiva como no crescimento a um ritmo acelerado. Como consequência, cada vez mais as organizações estão a mostrar maior atenção à criação de valor através do poder do conhecimento. As estruturas tradicionais que herdamos da era industrial não são apropriadas para os desafios de negócio que enfrentamos hoje. Neste contexto, as organizações devem evoluir para aceitar com sucesso um papel essencial na formulação e implementação da estratégia organizacional para gerar conhecimento. De um modo geral, o sucesso nos negócio é alcançado pelas empresa que têm a melhor conhecimento ou que o dominam de modo mais eficaz – e não necessariamente pela empresas mais poderosas. A gestão do conhecimento pode ser definido, como a abordagem sistemática para aumentar o valor e a acessibilidade do capital do conhecimento da organização para alcançar a máxima eficácia nos negócios e para propagar a inovação. Envolve gerir a criação, captura, síntese, partilha e aplicação da inteligência colectiva do organização. Dado o conhecimento estar enraizado na experiência humana e no contexto social, geri-lo bem significa prestar atenção às pessoas, à cultura e à estrutura organizacional, bem como à tecnologia que é fundamental para a partilha e uso do conhecimento nas organizações grandes. Não esquecer que a gestão do conhecimento não é gerir tecnologia; é gerir know-how em intersecção com estratégia, organização, processo e tecnologia. A tecnologia é apenas um meio facilitador. Muito tem sido dito sobre gestão do conhecimento. Pretende-se identificar o que, na realidade, está a acontecer: saber exactamente quais as iniciativas da gestão do conhecimento que as empresas estão a implementar e até que ponto as suas abordagens são estratégicas. Este estudo é o resultado de um questionário que inclui os pontos de vista dos gestores em empresas de diferentes dimensões no sector das Telecomunicações a nível nacional. O qual mostra que a gestão do conhecimento não é uma moda e está a ser levado a sério.
With the emergence of the Knowledge era, it has become widely recognised that the intangible assets of an enterprise will be key to both its ability to create competitive advantage, and to grow at an accelerated pace. As a result, more and more organisations are showing increased attention to the creation of value through leveraging knowledge. The traditional structures we inherited from the industrial era are not appropriate for the business challenges we currently face. In this context, organisations must evolve to successfully take on a key role in formulating and implementing the organisation’s strategy for generating knowledge. In a generally way, the successful in the businesses is achieved by the organisations which have the best knowledge or which dominate it effectively – and not necessarily by more powerful organisations. Knowledge management can be defined as the approach to increasing the value and accessibility of an organisation’s knowledge capital to achieve maximum business efficiency and to propagate innovation. It involves managing the creation, capture, synthesis, sharing and application of the collective intelligence of the organisation. Because knowledge is rooted in human experience and social context, managing it well means paying attention to people, culture, and organizational structure, as well as the technology that is essential for knowledge sharing and use in large organizations. Keep in mind that knowledge management is not about technology; it is about managing know-how at the intersection of strategy, organization, process and technology. Technology is simply an enabler. Much has been written about knowledge management. It wants to find out what was really happening: to know exactly which knowledge management initiatives are being implemented by organisations and how strategic their approaches are. This study is the result of a survey that covers the views of managers in firms of different sizes in Telecommunications sector across Portugal. It shows that knowledge management is not a fad and is being taken seriously.
URI: http://hdl.handle.net/10773/25798
Appears in Collections:DEGEIT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
62.pdf1.8 MBAdobe PDFrestrictedAccess


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.