Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/25266
Title: Projeto educativo Irish Lucky Dream: um desafio à memorização e à leitura da notação musical por crianças e jovens com perfis diferenciados
Author: Vieira, Leonilde Sequeira
Advisor: Ribeiro, Jorge Manuel de Mansilha Castro
Keywords: Aprendizagem não-formal
Música tradicional irlandesa
Leitura rítmica
Memorização
Issue Date: 30-Oct-2018
Abstract: O presente projeto decorreu em quatro fases e reflete duas abordagens de aprendizagem musical, cuja temática é a música tradicional irlandesa, com dois grupos de sujeitos detentores de competências e processos de aprendizagem musical distintos que experienciaram pela primeira vez a prática instrumental através da leitura notacional, Grupo L, e da memorização, Grupo M, com idades compreendidas entre os 8 e 18 anos. Além disso, contou com a colaboração de quatro flautistas convidados, Grupo C, na terceira e quarta fases, como apoio e suporte musical. O principal objetivo desta investigação consiste na análise da viabilidade da aprendizagem através da música tradicional irlandesa e em perceber qual dos dois métodos de ensino providencia um desenvolvimento mais íntegro de competências musicais. A metodologia aplicada é do tipo investigação-acão, qualitativo e observacional, tendo sido planeadas e registados todas as sessões com os dois grupos, ao longo das quatro fases, através do “Diário de Bordo”, registo audiovisual e fotográfico, e por procurar explicar e intervir nas realidades estudadas, bem como explicativa, que busca a explicação para determinados comportamentos. As dimensões de análise distribuem-se em duas categorias: Domínio cognitivo e psicomotor e Domínio comportamental e social. As dimensões de análise, na primeira categoria do Grupo L e Grupo M, consistiram na capacidade de leitura rítmica, concentração e coordenação com a prática / capacidade de imitação, concentração e memorização, integração no estilo musical e coordenação individual e coletiva e, por último, a capacidade de reação / resposta face aos obstáculos. No Domínio comportamental e social, os fatores de análise consistiram em aspetos como o interesse, a atitude e a proatividade, e na cooperação, integração e ambientação social. Na análise reflexiva sobre cada membro integrante em estudo, definiu-se como dimensões de análise a assimilação e fixação dos conteúdos, a participação e concentração, o desempenho, a disciplina, autocorreção e responsabilidade e, por fim, o relacionamento entre os participantes. Os resultados do estudo revelaram que a música tradicional irlandesa tem grandes potencialidades para a aprendizagem musical, pela simplicidade das melodias, pela ausência de ornamentações, e pelo caráter festivo. Por outro lado, concluiu-se que os indivíduos que iniciaram a aprendizagem musical pela audição, imitação e memorização, tiveram melhor adaptação à prática instrumental através da leitura, Grupo L enquanto os sujeitos que iniciaram a aprendizagem musical através da leitura notacional revelaram bastante dificuldade na prática instrumental através da audição, imitação e memorização, Grupo M. O estudo permitiu mostrar que ambas as formas de aprendizagem musical se complementam e são de extrema importância do desenvolvimento dos aprendizes e que o tipo de abordagem utilizada numa primeira fase de aprendizagem musical influencia o leque de competências que o aprendiz pode desenvolver. Conclui-se que, a partir deste projeto, poderão surgir outros com didáticas diferentes. O mais importante é embalar os indivíduos na temática, conhecer os níveis musicais em que se encontram e adaptar o repertório às circunstâncias. Os projetos musicais fora do contexto escolar também podem nascer e crescer da motivação dos sujeitos em aprender e cooperar e do professor em experimentar, evoluir e criar
This educational project was developed in four stages, reflecting two different approaches to the musical world, whose theme is based in traditional Irish music, with two different subject groups with a completely different musical background. Group L, instrumental approach by reading music notation. Group M, a different approach by memorizing the same themes. Both groups included subjects aged between 8 and 18 years old. Besides, this project had a third group, Group C, a group of four professional flutists whose objective was to give musical support on the two final stages of this project. The main objective of this investigation is to find out the viability of the traditional Irish music as the main tool to learn, and therefore to analyze which of these methods is the most complete and successful tool. This professional approach is based on an observational and qualitative record, where all sessions were fully recorded throughout the entire operation, using a logbook, audiovisual and photographic material thoroughly explained, described and comprehended to the minimum detail. This analysis is based in two big different groups. Cognitive and psychomotor, behavioral and social domains. The first category for both groups, L and M, was based on the ability to read different rhythms, concentration, motor coordination using practice, imitation, concentration as the main tools, observing and describing the response facing different obstacles. The second category for both groups was based on the positive approach and proactivity, cooperation and social awareness. The reflexive analysis on each individual subject is based in seven main study points: content assimilation, concentration, performance, discipline, responsibility and self-criticism, and inter relationship. The final results of this investigation reveal a fun fact, traditional Irish music has great potential to the musical world, by its simplicity of its songs without any ornaments, and happy and festive character. On the other hand, the subjects whose path was set on audition, imitation and memorization, had a better development in the end, Group L, while the other subjects whose path was started with music notation revealed a struggle when faced with the memorizing goal, Group M. This study showed both ways of musical development has a part of a whole, and both has extreme importance on the development of the subjects. The foundations that a subject is set on since the beginning, will influence the future developments. In conclusion, using this project as a foundation is not a sure given thing. The most important part is to embrace the beauty of it, find out where the subject is and start from there. The musical projects outside school can be born and raised with the will of all of the participants, by learning and mutual cooperation between the subject and the teacher
URI: http://hdl.handle.net/10773/25266
Appears in Collections:DeCA - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Documento.pdf4.5 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.