Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/24322
Title: Os componentes para a estimação do custo de capital : impacto de especificações alternativas
Author: Campolargo, Luís Fernando dos Santos
Advisor: Mota, Jorge Humberto Fernandes
Keywords: CAPM
WACC
Taxa de Juro de um Ativo sem Risco
Beta
Prémio de Risco de Mercado
Custo da Dívida
Elasticidades
Defense Date: 2018
Abstract: Num mundo tão globalizado e competitivo como é aquele em que vivemos hoje, é de extrema importância que as empresas decidam com eficiência onde devem investir o capital de que dispõem. Com efeito, é cada vez mais importante que se aumente a assertividade no que concerne ao investimento para assegurar o crescimento sustentado de uma empresa. Uma das principais formas de melhorar essa assertividade passa por fazer uma melhor avaliação dos vários projetos de investimento de que dispõem e, para isso, é essencial que sejam capazes de estimar um custo de capital real e adequado. Não obstante, esta tarefa afigura-se difícil, já que os componentes que integram os modelos de estimação são muito diversos e permitem o uso de inúmeros indicadores. Neste sentido, este estudo pretende indicar quais os componentes onde as empresas devem centrar mais as suas atenções, ao indicar qual o componente que, ao ser alterado, causa uma maior variação no custo de capital de uma empresa. Esta análise parte de uma perspetiva histórica e pretende fornecer indicações para a estimação futura das empresas. Os resultados encontrados são consistentes com a literatura consultada, onde é dado ênfase à dificuldade de estimação do Beta e do prémio de risco de mercado, sendo que ambos os componentes apresentam uma elasticidade de 0,493175, apresentando o maior valor e indicando que são aqueles que, ao variar, causam uma maior variação no custo de capital de uma empresa.
In a world as globalized and competitive as we are today, is extremely important for companies to decide effectively where to invest their capital. In fact, it is increasingly important to improve assertiveness with regard to investment to ensure the sustained growth of the enterprises. One of the main ways to improve assertiveness is to make better assessment of the various investment projects available to them, and it is essential for them to be able to estimate a real and adequate cost of capital. Nevertheless, this task seems difficult, since the components that integrate the estimation models are very diverse and allow the use of numerous indicators. In this sense, this study intends to indicate the components where companies should focus more attention, by indicating which component, when changed, causes a greater variation in the cost of capital of the company. This analysis starts from a historical perspective and aims to provide indications for the future estimation of companies. The results are consistent with the literature consulted, where emphasis is given to the difficulty of estimating the Beta and the Market Risk Premium, by both components presenting a elasticity of 0,493175, presenting the highest value and indicating that they are those which, by varying, cause a greater variation in the cost of capital of a company.
URI: http://hdl.handle.net/10773/24322
Appears in Collections:DEGEIT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luís Fernando dos Santos Campolargo.pdf1.05 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.