Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/23764
Title: Impact of contaminants in natural populations of marine turtles (Campeche, Mexico)
Other Titles: Impacto de contaminantes em populações naturais de tartarugas marinhas (Campeche, México)
Author: Salvarani, Patricia Ishisaki
Advisor: Morgado, Fernando
Osten, Jaime Rendón von
Keywords: Biologia
Tartarugas marinhas - Campeche (México)
Pesticidas - Poluição da água
Biomarcadores
Defense Date: 20-Apr-2017
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: As tartarugas marinhas sofrem um forte impacto populacional devido às atividades antropogênicas, como as causadas pelo aumento da exploração comercial e industrial nas áreas costeiras, alteração do habitat, ingestão de resíduos sólidos, captura acidental nas atividades pesqueiras e a contaminação de poluentes químicos. Das sete espécies de tartarugas marinhas existentes distribuídas por quase todos os oceanos (Caretta caretta, Chelonia mydas, Dermochelys coriacea, Eretmochelys imbricata, Lepidochelys olivacea, Natator depressus e Lepidochelys kempii), exceto o Natator depressus, todos os outros seis são listados como vulneráveis, em perigo ou criticamente ameaçado na lista da IUCN. Os contaminantes ambientais de origem química, como metais pesados, pesticidas, hidrocarbonetos, PCB, organoclorados e dioxinas estão causando um forte impacto na saúde de animais marinhos, incluindo tartarugas marinhas, e a bioacumulação desses poluentes em tecidos e órgãos influenciam o crescimento e desenvolvimento de populações naturais de tartarugas marinhas em todo o mundo, podendo causar mortalidade em vários estágios de seu desenvolvimento. Uma vez que estão em perigo é extremamente importante para a compreensão das respostas às medidas de impacto e conservação à longo prazo nas populações de tartarugas marinhas. Este trabalho é uma visão geral dos estudos sobre a quantificação de contaminantes em ovos e sangue de tartarugas marinhas, buscando relações entre o tamanho da carapaça e a atividade de enzimas antioxidantes usando técnicas não-letais. A concentração de pesticidas organoclorados (OCPs) no plasma das fêmeas adultas e os ovos das tartarugas de pente (Eretmochelys imbricata) e tartaruga verde (Chelonia mydas) que desovam na área costeira de Campeche serão analisados. O objetivo principal desta tese é avaliar o potencial das populações naturais como bioindicadores de contaminação química. Para tal, foram analisados os valores hematológicos, contaminação de OCPs no plasma e ovos de duas espécies de tartarugas marinhas com hábitos alimentares diferentes e uma possível transferência materna na espécie de tartaruga de pente. Por fim, a atividade de biomarcadores enzimáticos foram correlacionadas com a contaminação por OCPs. Os resultados mostraram que foram encontrados OCPs em todos os ovos analisados, mostrando maiores concentrações de ΣHCH e ΣDrines nas duas espécies selecionadas, sendo encontradas diferenças significativas entre as espécies e os anos analisados. Foram encontras diferenças significativas entre as concentrações de OCPs (ΣHCHs, ΣDrines e ΣChlordanes) em relação ao sangue e ovos, indicaram que esses contaminantes químicos estão sendo transferidos maternalmente. Nenhuma enzima antioxidante teve relação significativa com os OCPs mais encontrados no sangue (ΣDDTs, ΣHCHs e ΣDrines).
Sea turtles have been suffering strong population impact due to anthropogenic activities, such as those caused by the increase in commercial and industrial exploitation of coastal areas, habitat alteration, ingestion of solid waste, incidental capture in fishing activities and contamination of chemical pollutants. Of the seven species of marine turtles existing distributed by almost all oceans (Caretta caretta, Chelonia mydas, Dermochelys coriacea, Eretmochelys imbricata, Lepidochelys olivacea, Natator depressus and Lepidochelys kempii), except the Natator depressus, all other six are listed as vulnerable, endangered or critically endangered on the IUCN list. Environmental contaminants of chemical origin such as heavy metals, pesticides, hydrocarbons, PCBs, organochlorine, and dioxins are causing major health impacts of marine animals, including sea turtles, and bioaccumulation of these pollutants in tissues and organs influence the growth and development of natural populations of sea turtles worldwide, may cause mortality in various stages of development. Because they are endangered is extremely important to the understanding of responses to impact and conservation measures in the long term in the populations of sea turtles in developing. This work is an overview of studies on the quantification of contaminants in blood and sea turtle eggs, searching for relationships between, carapace size and the activity of antioxidant enzymes using non-lethal techniques. The concentration of organochlorine pesticides (OCPs) in plasma of adult females and eggs of hawksbill turtles (Eretmochelys imbricata) and green turtle (Chelonia mydas) that nest in the coastal area of Campeche will be analysed. The main objective of this thesis is to evaluate the potential of natural populations as bioindicators of chemical contamination. For this, the hematological values, contamination of OCPs in the plasma and eggs of two species of sea turtles with different feeding habits and a possible maternal transfer in the hawksbill turtles were analysed. Finally, the activity of enzymatic biomarkers was correlated with the contamination by OCPs. The results showed that OCPs were found in all analysed eggs, showing higher concentrations of ΣHCH and ΣDrines in the two species selected, being found significant differences between the species and the studied years. We find significant differences between the concentrations of OCPs (ΣHCHs, ΣDrines and ΣChlordanes) of blood to eggs showed that these chemical contaminants being transferred maternally. No antioxidant enzyme had significant relationship with COPs main found in the blood (ΣDDTs, ΣHCHs and ΣDrines).
Description: Doutoramento em Biologia
URI: http://hdl.handle.net/10773/23764
Appears in Collections:DBio - Teses de doutoramento
UA - Teses de doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese - Definitiva.pdf2.74 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.