Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/23021
Title: Interação criança-espaço no recreio interior: um estudo de caso no 1º CEB
Author: Pinto, Teresa Margarida dos Santos
Advisor: Figueiredo, Aida
Keywords: Educação das crianças
Áreas de recreio
Organização do espaço
Desenvolvimento das crianças
Actividades de aprendizagem
Comportamento lúdico infantil
Interação social--Crianças
Defense Date: 2018
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O presente Relatório Final de Estágio visa dar a conhecer o estudo de caso desenvolvido no âmbito da Unidade Curricular Prática Pedagógica Supervisionada do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino no 1.º Ciclo do Ensino Básico. O estudo tem como quadro conceptual a Teoria da Perceção Ecológica de Gibson e a Abordagem Experiencial de Laevers e procura compreender as interações das crianças com o espaço de recreio interior, em situação de jogo livre, antes e após a intervenção no espaço. O estudo dividiu-se em 3 fases: (I) a primeira materializou a observação das interações das crianças com o espaço de recreio interior sem intervenção no espaço; (II) a segunda caracterizou-se pela observação das interações das crianças com o espaço de recreio interior com intervenção, dado o espaço reorganizado pela Professora Cooperante, e (III) a terceira compreendeu a observação das interações das crianças com o espaço de recreio interior com intervenção após a introdução de materiais. Os participantes do estudo são quatro crianças (duas raparigas e dois rapazes) do 3.º e 4.º anos de um Centro Escolar de Ílhavo, com idades compreendidas entre os 9 e 11 anos. As técnicas e instrumentos de recolha de dados consistiram: em entrevistas iniciais semiestruturadas; na observação naturalista, participante e não participante das crianças em contexto de recreio; em registos fotográficos e vídeo-gravações e, ainda, em conversas com os participantes e as Professoras Orientadora e Cooperante. A técnica de análise selecionada foi a análise de conteúdo, tendo-se recorrido ao software de análise qualitativa webQDA, versão 3.0, e codificado os dados em quatro categorias de análise: Implicação e Bem-Estar Emocional, Tipos de Jogo, Comportamento Social e Materiais e Equipamentos. Os resultados indicam níveis médios de Implicação e Bem-Estar, sendo o valor ligeiramente superior no género feminino. Os Comportamentos Sociais mais frequentes em todas as fases do estudo – sem e com intervenção – são o de Transição, o Diálogo com Crianças e o Observador. Após a introdução de materiais o Conflito diminuiu consideravelmente. Quanto à categoria Tipo de Jogo, na fase I destacam-se o Jogo Dramático, o R&T e os Comportamentos Observador e de Diálogo. Na fase II surge o Jogo de Atividade Física e o Jogo Construtivo. Na fase III a Dança é o jogo mais frequente, seguindo-se o Jogo Construtivo e o Jogo de Atividade Física. No que concerne aos materiais soltos, os pufs, os puzzles para construir e o jogo das Damas destacam-se.
This Final Report of Internship aims to present the case study developed within the scope of the Supervised Pedagogical Practice Course of the Master’s degree in Pre-School Education and Teaching in the 1st Cycle of Basic Education. The study has the conceptual framework of Gibson's Ecological Perception Theory and Laevers Experiential Approach and seeks to understand the interactions of children with the indoors play space, in a situation of free play, before and after the intervention in space. The study was divided into 3 phases: (I) the first one materialized the observation of children's interactions with the indoors play space without intervention in space; (II), the second one was characterized by the observation of the children's interactions with the indoors play space with intervention, given the space reorganized by the Cooperating Teacher and (III) the third comprised the observation of the children's interactions with the indoors play space after the introduction of materials. The study participants are four children (two girls and two boys) in the 3rd and 4th years of a School Center in Ílhavo, aged between 9 and 11 years. The techniques and instruments of data collection consisted of: initial semi-structured interviews; in naturalistic observation, participant and non-participant of children in recreational context; in photographic records and video-recordings, and also in conversations with the participants and the Guidance and Cooperating Teachers. The selected analysis technique was content analysis, using webQDA qualitative analysis software, version 3.0, and data coding in four analysis categories: Implication and Emotional Well-Being, Game Types, Social Behavior and Materials and Equipments. The results indicate average levels of Implication and Well-Being, being slightly higher in females. The most frequent Social Behaviors in all phases of the study - without and with intervention - are Transition, Dialogue with Children and Observer. After the introduction of materials the Conflict has decreased considerably. As for the Game Type category, in Stage I, the Dramatic Game, R&T and Observer and Dialogue Behaviors stand out. In phase II comes the Physical Activity Game and the Constructive Game. In phase III the Dance is the most frequent game, being followed by the Constructive Game and the Game of Physical Activity. With regard to loose materials, pufs, building puzzles and the game of Checkers stand out.
Description: Mestrado em Educação Pré-escolar e Ensino no 1º Ciclo do Ensino Básico
URI: http://hdl.handle.net/10773/23021
Appears in Collections:DE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.pdf2.78 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.