Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/22701
Title: Vitivinicultura biológica : método adequado para a conservação da natureza?
Author: Vaz, Inês Henriques
Advisor: Fonseca, Carlos Manuel Martins Santos
Matos, Milena Marina Amaral dos Santos
Keywords: Ecologia aplicada
Viticultura
Enologia
Agricultura biológica
Defense Date: 21-Dec-2017
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O fomento da biodiversidade nas áreas de cultura de vinha é de elevada importância. Além de promover a preservação do património natural, proporciona ao mesmo tempo um papel importante para a produção agrícola, ao favorecer a reciclagem de nutrientes, o controlo de pragas, a regulação do ciclo hidrológico, entre outros fatores. O novo mercado de vitivinicultura biológica apresenta diversos benefícios tanto no que diz respeito ao vitivinicultor, cuja diferenciação permite uma maior valorização do produto e um maior interesse económico, assim como para o consumidor, onde esta diferenciação se traduz numa subida do nível de satisfação e apropriação para um consumo menos massivo e indiferenciado. O presente trabalho baseou-se numa recolha bibliográfica, tendo como principais objetivos contribuir para o conhecimento do setor com a compilação de estudos ecológicos elaborados em diferentes vinhas que realizam uma vitivinicultura sustentável e compreender e sugerir medidas de boas práticas ecológicas a serem implementadas no setor vinícola no território português. Por fim, realizou-se um estudo de caso mais concreto de medidas que poderão ser aplicadas nas vinhas da Casa de Vila Pouca (Quinta da Aveleda) e na Quinta de Lourosa, no Município de Lousada. Em conclusão pode-se constatar que a realização de uma vitivinicultura biológica, com o emprego de práticas corretas, espécies complementares adequadas e o devido conhecimento ambiental, propicia o aumento de biodiversidade e a geral beneficiação ecológica, que por sua vez proporcionam diversos benefícios à cultura da vinha.
The development of biodiversity in vineyards is a subject of major importance. Besides promoting a preservation of national heritage, it also allows, at the same time, an important role towards agriculture, promoting nutrient recycling, pest control, hidrocycle management, between other factors. The new biological viticulture market, introduces several benefits concerning the winemaker, in which the differentiation allows a larger product valorization and a bigger economic interest, as well concerne the buyer, to whom this differentiation can be translated in an increment of the satisfaction level and appropriation towards a less massive and undifferentiated consumption. The present work was based on a bibliographic research, with the goal of contributing to the knowledge in this sector with the compilation of ecological research studies implemented in different vineyards which perform a sustainable viticulture, analyse and suggest good ecological practices to be implemented in the winery sector, in Portugal. Finally, two case studies were developed, analysing two vineyards of the Municipality of Lousada (Casa de Vila Pouca – Quinta de Aveleda, and Quinta de lourosa) in order to propose measures that could benefit their biodiversity and vine production. In conclusion, the implementation of a biological viticulture, concerning safe practices, appropriate secondary species, and the necessary enviromental knowledge, allows for biodiversity protection and the ultimate generation of multiple benefits to the vineyard culture.
Description: Mestrado em Ecologia Aplicada
URI: http://hdl.handle.net/10773/22701
Appears in Collections:DBio - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.pdf3.23 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.