Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/22648
Title: O fracasso do sonho nos contos de João Melo
Author: Andrade, José
Advisor: Ferreira, António Manuel
Keywords: Línguas, literaturas e culturas
Literatura - Aspectos políticos
Problemas sociais
Independência - Angola
Defense Date: 2017
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O fracasso do sonho nos contos do escritor João Melo é tema do presente trabalho. Não se trata do sonho no seu significado geral. Neste trabalho, o sonho é utilizado no sentido metafórico. Trata-se do sonho político cujos resultados imediatos são: independência nacional, paz, desenvolvimento social e económico, ou seja, construção de um país melhor (Angola). É o «sonho-dourado» significando esperança de felicidade. O objetivo deste trabalho é analisar os contos do autor referido, visando descobrir a mensagem central que o escritor pretende transmitir aos leitores e, obviamente, à sociedade angolana em geral. Depois de uma profunda e minuciosa análise textual, é notório o seguinte: o escritor João Melo, nos seus contos, retrata a vida dos angolanos nos últimos 50 anos. As personagens principais que aparecem nos contos representam, sobretudo, os sofredores (a maioria da sociedade) ao lado de uns poucos abastados. Tudo isso, no período que se seguiu à proclamação da independência. O «narrador-autor» transmite aos leitores o profundo e desolador drama daqueles que, um dia, deixaram os seus sonhos individuais para abraçar um «sonho coletivo»: luta pela independência e, posteriormente, a construção de um país melhor. Esta segunda parte do sonho ainda está por realizar. Por isso, neste trabalho o tema do fracasso do sonho nos contos de João Melo reparte-se fundamentalmente em duas abordagens ou secções. A primeira abordagem diz respeito ao fracasso do sonho antigo. São analisados relatos de personagens que se confrontam com a corrupção, desilusão, frustração, enfim, o caos social depois de consentidos vários sacrifícios com o objetivo de criar uma nação sem alarmantes desigualdades sociais. A segunda abordagem é sobre a possibilidade do novo sonho. Trata-se de personagens que superam o passado e projetam o futuro pessoal e coletivo através do cultivo da terra. O novo sonho tem a ver, para as personagens, com a autonomia económica naquilo que é essencial.
The Failure of the dream in the writer João Melo’s tale is the theme of this work. It is not about the dream in its general meaning. In this work the dream is used in a metaphoric sense. It is about a politic dream whose immediate results are: national independence, peace, social and economic development, that is, the construction of as better country (Angola). It’s the «Golden Dream» meaning faith and happiness. The purpose of this work is the analysis of the author’s tales, aiming to discover the main message that the writer pretends to transmit to his readers and, obviously, to the Angolan society in general. After a profound and meticulous textual analysis, the following is notorious: the writer, João Melo, in his tales, portrays the Angolans life in the past 50 years. The main characters represent, above all, the sufferers (most of them of society) beside a few wealthy. All of this, in the proclamation of independence period. The «narrator-author» transmits to the readers a profound and desolating drama of those who, one day, left their own dreams to embrace a «collective dream»: the fight for independence and, posteriorly, the construction of a better country. The second part of the dream is yet to be realized. This is why, in this work the theme failure of the dream in João Melo’s tale splits fundamentally into two approaches or sections. The first approach is about the failure of an old dream. Stories of characters that confront with corruption, disappointment, frustration, well, social chaos after consenting various sacrifices with the aim to create a nation without alarming social differences, are analyzed. The second approach is about the possibility of a new dream. It’s all about characters that overcome the past and custom a personal and collective future thru culturing the land. The new dream has to do with, to the characters, with economic autonomy in what’s essential.
Description: Mestrado em Línguas, Literaturas e Culturas
URI: http://hdl.handle.net/10773/22648
Appears in Collections:DLC - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.pdf2.63 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.