Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/22391
Title: Caraterização do perfil lipídico e hormonal de crianças em risco de desenvolverem esteatose hepática não alcoólica
Author: Feiteira, Eva Patrícia da Silva
Advisor: Domingues, Maria do Rosário
Cerveira, António Frederico Ramos de Morais
Keywords: Métodos biomoleculares
Doenças do fígado
Hepatite - Crianças
Espectrometria de massa
Lípidos - Metabolismo
Defense Date: 31-Jul-2017
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: A esteatose hepática não alcoólica (EHNA) é a forma mais prevalente de doença hepática crónica, com uma incidência de 10-20% na população pediátrica. Embora os mecanismos fisiopatológicos subjacentes a esta patologia pediátrica não sejam totalmente conhecidos, sabe-se que existem vários fatores de risco para o desenvolvimento e patogénese da EHNA, dos quais se destaca a obesidade. Neste contexto, existe um interesse crescente em encontrar novos métodos de diagnóstico para que exista um diagnóstico precoce da doença, em especial em crianças com risco de desenvolverem EHNA. Assim, o objetivo deste trabalho é avaliar alterações no perfil de adipocinas e em proteínas associadas à inflamação, e de fosfolípidos recorrendo, respetivamente, à técnica Slot Blot e a GC-MS, TLC à espetrometria de massa, no plasma de crianças com excesso de peso e obesas, que poderão estar correlacionadas com o desenvolvimento da EHNA. Não se observaram diferenças significativas nos parâmetros analisados em crianças com excesso de peso quando comparadas com crianças com peso normal. No entanto, os resultados obtidos permitiram observar diferenças no perfil de adipocinas e de proteínas associadas à inflamação do plasma em crianças obesas verificando-se uma diminuição significativa dos níveis plasmáticos de adiponectina, leptina e HSL comparativamente às crianças não obesas. A análise dos extratos fosfolipídicos obtidos por TLC, permitiu observar um aumento significativo de LPC e uma diminuição significativa de PC. A análise dos ácidos gordos por GC-MS demonstrou uma diminuição significativa do ácido gordo C16:0, no grupo de crianças obesas. Pela análise estatística multivariada e discriminante aplicada aos resultados obtidos por HPLC-MS e MS/MS observaram-se um aumento significativo no perfil de espécies moleculares das SM e LPC e uma diminuição significativa das PE, nomeadamente SM (d40: 1), SM (d40: 0), SM (d36: 3), LPC (18:0) e a PE (o-32: 2 ou p-32: 1). Concluindo, a abordagem lipidómica usada neste trabalho demonstrou ser eficaz na análise e identificação de classes de fosfolípidos de crianças em risco de desenvolverem EHNA e de crianças saudáveis, permitindo distinguir ambas as condições. A abordagem lipidómica poderá ser utilizada como método de diagnóstico para o reconhecimento de alterações no perfil de fosfolípidos em crianças em risco de desenvolverem EHNA prevenindo o surgimento da doença.
Non-alcoholic fatty liver disease (NAFLD) is the most prevalent form of chronic liver disease, with an incidence of 10-20% in the pediatric population. Although the pathophysiological mechanisms underlying NAFLD still not clear, it is known that there are several risk factors for the development and pathogenesis of NAFLD, being obesity the most important one. Additionally, diagnosis of NAFLD is a very difficult task, since this pediatric pathology is a chronic and asymptomatic disease. In this context, there is a growing interest for the development of new diagnostic methods for the early diagnosis of the disease, especially in children at risk of developing NAFLD. Thus, the aim of this work is to evaluate changes in the adipokine profile and phospholipid, using Slot Blot technique and GC-MS, TLC and mass spectrometry-based approaches in overweight and obese children, which may be correlated with the development of NAFLD. No significant differences were observed in the parameters analyzed in overweight children when compared with normal weight children. Plasma adipokine and proteins associated with inflammation profile analysis of obese children and significant decrease in adiponectin, leptin and HSL levels were obtained when compared with non-obese children. The lipid extracts obtained from plasma fracionated by TLC reveled a significant increase in the PC content and a significant decrease in the LPC content for obese children group. Analysis of the fatty acid profile performed by GC-MS demonstrated a significant decrease of the C16:0 fatty acid in obese children. The multivariate and discriminant statistical tests applied to the results obtained by HPLC-MS and MS/MS, showed significant increase in the profile of SM and LPC and significant decrease of PE molecular species, namely SM (d40: 1), SM (d40: 0), SM (d36: 3), LPC (18:0) and PE (o-32: 2 or p-32: 1). In conclusion, the lipidomic approach used in this work has been shown to be effective in the identification and characterization of the phospholipid profile of children at risk of developing NAFLD and healthy children, allowing to distinguish both conditions. The lipidomics approach can be used as a tool for the recognition of phospholipid profile alterations in children at risk of NAFLD that may contribute for the early diagnosis and to prevent the onset of the disease.
Description: Mestrado em Bioquímica - Métodos Biomoleculares
URI: http://hdl.handle.net/10773/22391
Appears in Collections:DQ - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertação_Eva Feiteira - versão final.pdf2.78 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.