Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/21171
Title: Análise da incidência de TCA e seus precursores em cortiça e sua relação com as características edafoclimáticas de origem
Other Titles: Analysis of TCA incidence and its precursors in cork and its relation with soil and climatic characteristics of origin
Author: Baptista, Tatiana Cláudia Amorim Nogueira
Advisor: Barros, Carmen Sofia da Rocha Freire
Cardoso, Ana Cristina Lopes
Keywords: Cortiça
Compostos organoclorados
Defense Date: 4-Jan-2016
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: A cortiça é um material de excelência e dos produtos com maior destaque na economia portuguesa, quer pelo elevado nível de exportações quer pela criação de emprego associada a este setor. A aplicação dada à cortiça com maior relevância económica é a rolha natural para vedação de vinhos. Contudo, alguns compostos halogenados presentes na cortiça, ao migrarem para o vinho, podem comprometer a sua qualidade levando a perdas significativas tanto para a indústria corticeira como para os produtores de vinho. Neste sentido, é de extrema importância o desenvolvimento e a aplicação de métodos de análise que permitam a quantificação simultânea das principais moléculas identificadas como responsáveis pelos desvios organoléticos dos vinhos. O presente trabalho surge com o objetivo de validar um método para análise simultânea de 2,4,6-tricloroanisol (TCA) e clorofenóis em cortiça e a sua posterior aplicação na análise de cortiças provenientes de diferentes locais da Península Ibérica, de forma a verificar uma possível relação entre a concentração destes compostos e as características edafoclimáticas de origem da cortiça. Com o objetivo de validar o método de análise, foram realizados estudos de linearidade, limiares analíticos, precisão, exatidão e robustez. Estes estudos permitiram considerar o método analítico como validado e implementá-lo nas análises de rotina do laboratório. Ao longo deste trabalho analisaram-se 46 amostras de cortiça, das quais 32 eram provenientes de Portugal e 14 de Espanha. Os resultados obtidos permitiram concluir que a cortiça da região da Andaluzia é aquela com valores médios e máximos mais elevados tanto para o TCA como para os clorofenóis, sendo a densidade do montado uma possível explicação para esta ocorrência, uma vez que, nesta região, o montado de sobro é muito denso (elevado número de árvores, pouca luz e exposição solar e mau arejamento), possivelmente propiciando o desenvolvimento fúngico e consequente formação destes compostos.
Cork is an excellence material and one of the most relevant products of the portuguese economy, either by the high level of exports and the number of jobs created by this industrial sector. The most important application of cork is as cork stopper for sealing wine bottles. However, some halogen containing compounds, by migrating to the wine, can compromise its quality causing significant financial losses for both the cork industry and winemakers. In this way, it’s extremely important the development and application of methods of analysis to allow the quantification of those molecules responsible for the sensory deviations of wine. This work arises with the aim of validating a method for the simultaneous analysis of 2,4,6-trichloroanisole (TCA) and chlorophenols in cork and it’s subsequent application in the analysis of cork samples from different locations in the Iberian Peninsula, to verify a possible relationship between the concentration of these compounds and the characteristics of the climate and the soil of the original cork tree. In order to validate the analytical method, linearity, analytical precision, accuracy and robustness studies have been performed. These studies allowed the validation of the analytical method and its implementation in the laboratory routine analysis. Throughout this thesis 46 cork samples were analyzed; 32 of them came from Portugal and 14 from Spain. The obtained results allow to conclude that the cork from Andalusian region is the one with higher values for both TCA and chlorophenols, being the density of the cork oak forest one possible explanation for this manifestation, once in this region the forest is denser (high number or trees, few light and sun exposure and bad aeration) providing, possibly, a higher fungi development and consequently the formation of these compounds.
Description: Mestrado em Bioquímica
URI: http://hdl.handle.net/10773/21171
Appears in Collections:DQ - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Tatiana Baptista_versão final.pdf2.76 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.