Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/18494
Title: Indução de emoções através de excertos de filmes: um estudo de validação
Author: Pinheiro, Sandra Isabel Madureira
Advisor: Soares, Sandra Cristina de Oliveira
Keywords: Psicologia da saúde
Emoções
Saúde mental
Desenvolvimento emocional
Medo
Defense Date: 2016
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: As emoções desempenham um papel essencial no funcionamento humano (Gross & Levensone, 1995) e na saúde mental (Megías et al., 2011). Uma das ideias fundamentais das emoções é que estas ocorrem de modo a preparar o ser humano a lidar com eventos significativos do seu dia-a-dia (Ekman, 2003). Ao longo do tempo, o estudo das emoções têm provocado um grande interesse por parte dos cientistas. Este interesse crescente acarreta uma necessidade constante de técnicas laboratoriais eficientes e confiáveis que induzam as emoções desejadas (Schaefer et al., 2010). Assim, diversas técnicas de indução de emoções têm sido utilizadas em contextos laboratoriais. Atualmente, a exposição a excertos de filmes é uma das técnicas mais utilizadas pelos investigadores. O presente estudo teve como objetivo a análise da eficácia e da validade de excertos de filmes selecionados de modo a induzir diferentes estados emocionais, mais concretamente a alegria e o medo, assim como um estado emocional neutro, em estudantes do sexo feminino que frequentam o ensino superior em Portugal. Sessenta participantes foram divididas em 6 grupos de 10, cada um correspondente a uma versão diferente da apresentação de 15 excertos de filmes. Após cada visualização dos excertos, era pedido às participantes que preenchessem um questionário pós-filme acerca do seu estado emocional, no qual teriam que avaliar as emoções sentidas durante a visualização do filme. Os resultados sugerem que apenas três filmes neutros podem ser considerados como bons indutores de um estado emocional neutro, quatro filmes de medo podem ser considerados como bons indutores de um estado emocional de medo e um filme de alegria pode ser considerado como razoável indutor de um estado emocional de alegria. Deste modo, os resultados indicam que os filmes de alegria utilizados não foram tão eficazes a induzir um estado emocional de alegria como os filmes neutros e os filmes de medo a induzir, respetivamente, estados emocionais neutros e de medo.
Emotions play an essential role in human functioning (Gross & Levensone, 1995) and mental health (Megías et al., 2011). One of the fundamental ideas of the emotions is that they occur in order to prepare the human being to deal with significant events of their day-to-day (Ekman, 2003). Over time, the study of emotions has caused a great interest among scientists. This growing interest entails a constant need for efficient and reliable laboratory techniques that induce the desired emotions (Schaefer et al., 2010). Thus, various emotions induction techniques have been used in laboratory setting. Currently, exposure to film clips is one of the techniques most used by researchers. The present study aimed to analyze the efficacy and validity of excerpts from selected films in order to induce different emotional states, more specifically happiness and fear, as well as a neutral emotional state in female students attending higher education in Portugal. Sixty subjects were divided into 6 groups of 10, each corresponding to a different version of the presentation 15 film clips. After each preview of the excerpts, participants were asked to complete a post-film questionnaire about their emotional state in which they would have to evaluate the emotions felt during the viewing the film. The results suggest that only three neutral films can be regarded as good inducers of a neutral emotional state, four fear films can be regarded as good inducers of an emotional state of fear and one happiness films can be regarded as reasonable inducer of a state emotional of happiness. Thus, the results indicate that the happiness films used were not as effective to induce an emotional state of happiness as neutral films and fear films to induce, respectively, neutral emotional states and fear emotional states.
Description: Mestrado em Psicologia - Psicologia da Saúde e Reabilitação Neuropsicológica
URI: http://hdl.handle.net/10773/18494
Appears in Collections:DEP - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.pdf571 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.