Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/18413
Title: Influência das características sóciodemográficas e clínicas na frequência às sessões de psicoterapia
Author: Silva, Sandra Isabel Ferreira
Advisor: Monteiro, Sara Otília Marques
Teixeira, Ricardo João Fernandes
Keywords: Psicologia da saúde
Psicoterapia - Análise socio-demográfica
Terapia do comportamento
Defense Date: 2016
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: A psicoterapia é o tratamento em ambulatório mais prevalente para as perturbações mentais. Todavia, muitos indivíduos que iniciam uma intervenção psicoterapêutica, não recebem uma "dose adequada" do tratamento, de tal forma que, a probabilidade de obter o alívio sintomático desejado, é reduzida. A compreensão clara dos fatores envolvidos na frequência às sessões de psicoterapia possibilita a identificação de falhas no tratamento, auxilia na identificação de casos de risco de abandono e na prevenção de futuras desistências. O presente estudo tem como principal objetivo perceber quais as variáveis sociodemográficas (idade, género, estado civil, escolaridade e situação ocupacional) e variáveis clínicas (acompanhamento psiquiátrico, historial de acompanhamento psicológico, ideação suicida, consumo de substâncias e diagnóstico) que estão associadas à frequência das sessões de psicoterapia. Participaram nesta investigação 493 pacientes em acompanhamento psicoterapêutico numa clínica privada da zona Norte do país, com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos (M=35, DP=10.17). Destes, 319 pacientes pertenciam ao género feminino, com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos (M=35.38, DP=10.37); e 174 pacientes pertenciam ao género masculino, com idades entre os 18 e os 62 anos (M=34,29, DP=9.76). Os pacientes entre 18 e os 34 anos de idade, com historial de acompanhamento psicológico, em acompanhamento psiquiátrico, com ideação suicida ou com comorbilidade de perturbações psiquiátricas, frequentaram significativamente mais sessões de psicoterapia. Os resultados encontrados são de grande importância para ambientes de tratamento semelhantes, e que servem populações-alvo semelhantes.
Psychotherapy is the most prevalent ambulatory treatment for mental disorders. However, many individuals who initiate a psychotherapeutic intervention do not receive the treatment in an "appropriate dosage", so the likelihood of obtaining the desired symptomatic relief is reduced. A clear understanding of the factors involved in the frequency of psychotherapy sessions enables the identification of treatment failures, helps to identify risk of dropout cases and to prevent future dropouts. This study aims to understand which sociodemographic variables (age, gender, marital status, education and occupational status) and clinical variables (psychiatric care, psychological counseling history, suicidal ideation, substance use and diagnosis) are associated with show in psychotherapy sessions. For this study 493 patients who attended psychotherapy in a private clinic in the north of the country were involved, aged between 18 and 65 years (M = 35, SD = 10.17). In this group, 319 patients were female, aged between 18 and 65 years (M = 35.38, SD = 10.37); and 174 patients were male, aged between 18 and 62 years (M = 34.29, SD = 9.76). Patients between 18 and 34 years, with psychotherapeutic monitoring history in psychiatric care, with suicidal ideation or comorbidity of psychiatric disorders, attended a lot more psychotherapy sessions than the others. The results are of great importance for similar treatment settings, and they serve similar target populations.
Description: Mestrado em Psicologia - Psicologia da Saúde e Reabilitação Neuropsicológica
URI: http://hdl.handle.net/10773/18413
Appears in Collections:DEP - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_sandrasilva_10_11_2016pdf.pdf544.77 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.