Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/17609
Title: Skopeologias: músicas e saberes sensíveis na construção partilhada do conhecimento
Author: Miguel, Ana Flávia Lopes
Advisor: Sardo, Susana
Araújo, Samuel
Keywords: Comunicação intercultural - Caboverdeanos
Música
Etnomusicologia
Defense Date: 2016
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Esta tese enquadra-se no domínio da etnomusicologia e constitui uma proposta sobre o modo como as práticas de investigação definem instrumentos valiosos para a construção do conhecimento, num modelo em que a permeabilidade dos saberes é geradora de modos de fazer mundos emancipadores. A investigação foi desenvolvida a partir de um percurso dedicado ao estudo da música cabo-verdiana, iniciado em 2006, e caracterizado por uma progressiva imersão no terreno e pela da adoção de diferentes práticas de investigação em estreito diálogo com as pessoas detentoras das músicas. Neste sentido, dialogo com duas experiências de observação: a do grupo Musicultura, no Rio de Janeiro/Brasil e a do AMD Program, em Durban/África do Sul. Para a discussão sobre as práticas de investigação, esta tese recorre à análise da produção científica de etnomusicólogos que têm atuado no âmbito da etnomusicologia aplicada e que têm refletido sobre o modo como os contextos “convocam” os etnomusicólogos a mediar e a agir. Recorro a dois estudos de caso que constituíram o meu universo de observação, análise e ação: o processo de patrimonialização do Kola San Jon e o projeto Skopeofonia. No primeiro caso descrevo as práticas e o modo como foi construído o dossier de candidatura a PCI. No projeto Skopeofonia descrevo as práticas de investigação compartilhada pelos diferentes atores envolvidos (académicos e não académicos). A análise das consequências da patrimonialização do KSJ, conduziu-me a uma reflexão sobre o modo como a etnomusicologia e a música podem adquirir um protagonismo singular em ações de responsabilidade social. As discussões sobre as práticas protagonizadas pelo Skopeofonia permitiram-me aceder a diferentes versões de mundos através dos saberes e das experiências sobre música. Este processo refletiu-se num melhor entendimento sobre o modo como a música e outros saberes sensíveis, podem ser decisivos na promoção de saberes emancipatórios e na própria construção do conhecimento em etnomusicologia.
This thesis lies within the domain of ethnomusicology and comprises a proposal for the way that research practices establish valuable instruments for the construction of knowledge, a model in which the permeability of knowledges is the creator of way of making emancipatory worlds. The research led from a journey dedicated to the study of Cape Verdian music that began in 2006, characterised by a progressive immersion in the field and by the adoption of different research practices in close dialogue with the music’s keepers. In this sense, I discuss two observational experiences: with the Musicultura group, in Rio de Janeiro/Brazil, and with the AMD Program, in Durban/South Africa. In order to discuss research practices, this thesis contains an analysis of the scientific production of ethnomusicologists who have acted within the context of applied ethnomusicology and who have reflected on the way in which contexts “convoke” ethnomusicologists to mediate and to act. I employ two case studies which constitute my universe of observation, analysis and action: the process of the patrimonialization of Kola San Jon and the Skopeofonia project. In the first case, I describe the practices and the way the ICH application file was constructed. With regard to the Skopeofonia project, I describe the research practices shared between the different actors involved (academics and nonacademics). The analysis of the consequences of the patrimonialization of KSJ led me to a reflection on how ethnomusicology and music can acquire a singular protagonism in actions of social responsibility. The discussions about the practices protagonised by Skopeofonia allowed me to access different versions of worlds through knowledges and experiences of music. This process is reflected in a deeper understanding of the ways in which music and other sensitive knowledges can be decisive in the promotion of emancipatory knowledges and in the very construction of knowledge within ethnomusicology
Description: Doutoramento em Música
URI: http://hdl.handle.net/10773/17609
Appears in Collections:DeCA - Teses de doutoramento
UA - Teses de doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Ana_Miguel.pdf83.74 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.