Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/17177
Title: Assessment of the antimicrobial activity of bacterial isolates from frogs' skins from urban zones
Other Titles: Avaliação da atividade antimicrobiana de isolados bacterianos de pele de rã de zonas urbana
Author: Magalhães, Andreia Filipa Afonso
Advisor: Marques, Sérgio Miguel Reis Luís
Gonçalves, Fernando
Pereira, Mário Jorge
Keywords: Biologia molecular e celular
Anfíbios
Infecções por bactérias
Stresse oxidativo
Monitorização biológica
Defense Date: 2016
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: As populações de anfíbios têm decaído ao longo dos últimos anos devido a inúmeros fatores, tais comos, a perda de habitat, a contaminação/poluição e um dos mais importantes, as doenças. Estas perdas originam também a perda de diversidade genética das espécies, podendo comprometer a sua aptidão e também capacidade de adaptação. Tendo em conta todos estes fatores, é necessário proceder à preservação das populações de anfíbios, independentemente do local em que se encontram ser contaminado, pristino, rural ou urbano. Sabendo que os anfíbios de zonas urbanas podem ser uma fonte importante para a diversidade genética da espécie e que estão expostos, tal como as populações de zonas naturais, a agentes patogénicos, sendo que normalmente são populações negligenciadas a nível de proteção, urge a necessidade de as avaliar e proteger, nomeadamente contra agentes patogénicos. De uma forma geral, esta proteção é conferida de uma forma inata por estruturas ao nível da pele, que fazem parte do seu sistema imunitário. Estas são glândulas granulares responsáveis pela produção de compostos peptídicos capazes de inibir o crescimento de agentes patogénicos. Em acréscimo, a microbiota existente na pele estimula e complementa a atividade destas secreções. Com base nestes factos, este trabalho teve como objetivos: i) avaliar de que forma fatores como as estações do ano (Primavera e Outono) e o género, podem influenciar a microbiota cultivável da pele de Pelophylax perezi de zonas urbanas, ii) avaliar se os isolados bacterianos da pele apresentam atividade antimicrobiana e iii) avaliar o potencial dos isolados bacterianos com atividade antimicrobiana enquanto possíveis agentes probióticos, na presença de um agente patogénico. Os resultados obtidos mostraram diferenças entre locais ao nível das espécies isoladas, sendo poucas as espécies comuns entre locais. Além disso, foi evidenciado que num total de 120 isolados, 19 possuíam atividade antimicrobiana face a Bacyllus aquimaris e Aeromonas salmonicida. Também se verificaram diferenças na atividade antimicrobiana entre estações do ano, existindo um maior número de espécies com atividade antimicrobiana no Outono. Dos isolados com atividade antimicrobiana, os três com maior atividade, Pseudomonas rhizosphaerae, Pseudomonas fluorescens e Bacillus mycoides foram selecionados para a segunda fase do trabalho, em que se avaliou o seu potencial enquanto possíveis agentes probióticos. Após exposição, in vivo, de girinos aos probióticos, em simultâneo com A. Salmonicida, verificou-se que estes evitavam mortalidade dos girinos, bem como diminuíam o dano peroxidativo quando comparados com os valores do agente patogénico. Dos três probióticos B. mycoides mostrou ser aquele com maior capacidade de estimular as enzimas antioxidantes, sendo o agente probiótico com os valores mais baixos de dano peroxidativo.
Amphibian populations have declined over the past few years due to numerous factors such as habitat loss, contamination / pollution and one of the most important, diseases. These losses also result in the loss of genetic diversity of the species, which may compromise their fitness and ability to adapt. Taking all these factors into account, it is necessary to preserve amphibian populations, regardless of being found in contaminated, pristine, rural or urban sites. Given that urban amphibian populations can be an important source for genetic diversity of the species and that they are exposed, such as populations of natural areas, to pathogens, there is a need for assess and protect them against pathogenic agents. Generally, this protection is conferred in an innate way by skin structures, which are part of your immune system. These are granular glands responsible for the production of peptidic compounds capable of inhibiting the growth of pathogens. In addition, the microbiota in the skin stimulates and complements the activity of these secretions. Based on these facts, this work had as objectives: i) to evaluate how factors such as seasonality (spring and autumn) and gender can influence the cultivable microbiota of Pelophylax perezi skin in urban areas; ii) assess the ability of the bacterial skin isolates to present antimicrobial activity and iii) evaluate the potential of bacterial isolates with antimicrobial activity as potential probiotic agents. The obtained results showed differences between sites at the level of the isolated species, with few common species between sites. In addition, it was evidenced that in a total of 120 isolates, 19 had antimicrobial activity against Bacyllus aquimaris and Aeromonas salmonicida. There were also differences in antimicrobial activity between seasons, with a higher number of species with antimicrobial activity in the autumn. Of the isolates with antimicrobial activity, the three with the highest activity, Pseudomonas rhizosphaerae, Pseudomonas fluorescens and Bacillus mycoides were selected for the second phase of the study, in which their potential action as probiotic agents was evaluated. After in vivo exposure of the tadpoles to the probiotics, along with A. salmonicida, these were found to decrease the mortality of tadpoles as well as to decrease the peroxidative damage, when compared to the values obtained from the exposure to the pathogen. From the three probiotics B. mycoides revealed to be the one with the greatest capacity to stimulate the antioxidant enzymes, being the probiotic agent with the lowest values of peroxidative damage.
Description: Mestrado em Biologia Molecular e Celular
URI: http://hdl.handle.net/10773/17177
Appears in Collections:DBio - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.pdf1.77 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.