Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/16800
Title: Decomposição das emissões de CO2 relacionadas com a energia no setor da saúde
Author: Francisco, Ana Isabel da Costa,
Advisor: Robaina, Margarita
Varum, Celeste
Keywords: Economia
Saúde pública
Poluição do ar
Economia ambiental
Dióxido de carbono
Defense Date: 2015
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O presente trabalho tem como objetivo identificar os efeitos que mais contribuem para a intensidade das emissões de CO2 no setor da saúde, sendo que estes podem ser repartidos e analisados separadamente, bem como é possível observar a sua evolução e perceber qual dos efeitos tem maior importância na determinação da intensidade das emissões no setor da saúde em Portugal. É importante conhecer estes determinantes para a conceção de políticas de redução das emissões de CO2, que têm impacto na economia no sentido em que estas políticas implicam custos económicos para as empresas e setores da economia. Para isso, é usada a técnica de Decomposição Completa aplicada aos dados disponíveis do setor no período de 1997-2012. As alterações da intensidade das emissões de GEE são decompostas em seis efeitos: i) As mudanças nas emissões de CO2 em comparação com o consumo de combustíveis fósseis (Efeito CF); ii) As mudanças no consumo de combustíveis fósseis em comparação com o consumo de eletricidade (Efeito FE); iii) As mudanças no consumo de eletricidade em comparação com o consumo total de energia (Efeito EEn); iv) As mudanças no consumo total de energia em comparação com o capital no setor da saúde (Efeito EnK); v) As alterações do capital por trabalhador (Efeito KL) e vi) o inverso da produtividade média do trabalho na saúde (Efeito LVA). O estudo mostra que a intensidade das emissões na saúde diminuíram relativamente ao primeiro ano da amostra, e que os efeitos que mais contribuíram para esta variação são o Efeito FE e o Efeito EEn, sendo que o primeiro contribui de modo positivo e o segundo contribui de modo negativo. Ou seja, o consumo de combustíveis de origem fóssil provoca um aumento da intensidade das emissões e a importância do consumo de eletricidade no consumo total de energia provoca uma diminuição da intensidade das emissões de CO2.
The aim of this research is identify the effects in which the intensity of GHG emissions in the health sector, and those can be broken down and analyzed separately, as well as whether it is possible to observe the evolution and understand which of the effects are more important in determining the intensity of emissions in the health sector in Portugal. It is important to understand these determinants for the design of policies to reduce CO2 emissions, which affect the economy in the sense, that these policies entail economic costs for businesses and industries. Therefore, the “complete decomposition” technique is used and applied to the data available in the sector during the period 1997-2012. The change of the intensity in GHG emissions can be decomposed into six effects: i) the changes in CO2 emissions compared to the fossil fuels consumption (CF effect); ii) the changes in fossil fuels consumption compared to the electricity consumption (FE effect); iii) the changes in electricity consumption compared to the total energy consumption (EEn effect); iv) the changes in total energy consumption compared with income in the health sector (EnK effect); v) the change of the capital per worker (KL effect) and vi) the inverse of average labour productivity in the health sector (LVA effect). The study shows that the intensity of those emissions in health sector decreased in comparison with first year, the main effects contributing to the variation of the intensity are the FE effect and EEn effect, the first one with positive contribution and the second one with negative contribution. Namely, the consumption of fossil fuels causes an increase in emissions intensity, and importance of electricity consumption in the total energy consumption causes a decrease in the intensity of CO2 emissions.
Description: Mestrado em Economia
URI: http://hdl.handle.net/10773/16800
Appears in Collections:DEGEIT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado



FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.