Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/16715
Title: Estudo geotécnico da zona de Parceiros-Belo Horizonte (Leiria): uma contribuição para o ordenamento urbano
Author: Amado, Claúdia Sofia Fernandes Marques
Advisor: Velho, José Lopes
Keywords: Ciências da terra
Geotecnia - Parceiros (Leiria, Portugal)
Ordenamento urbano
Defense Date: 2004
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O presente trabalho visa o estudo geotécnico da área de Belo Horizonte- Parceiros, tendo esta sido dividida em três zonas, Urbanização de Belo Horizonte, Aldeamentos Santa Clara e Cerâmica Solpe, que foram caracterizadas individualmente. Este estudo procura contribuir para o ordenamento urbano desta área. A zona urbana de Leiria apresenta formações geológicas, desde o Triássico até ao Quaternário, com materiais a variar desde argilas com gessos até areias siltosas e conglomeráticas, passando pela alternância de calcários e margas e, ainda, a presença de domos e filões, doleríticos e basálticos. Esta variedade litológica resulta da tectónica diapírica que terá afectado esta região durante o Mesozóico, e confere aos terrenos características geotécnicas muito heterogéneas. As áreas escolhidas correspondem a locais peri-urbanos, de expansão de zonas residenciais, pelo que a avaliação das condições geotécnicas pode auxiliar nas decisões quanto à adequabilidade dos terrenos, definição de uma densidade de ocupação, localização, tipo de habitações a construir e na gestão de riscos em obras. O capítulo 1 para além da apresentação e localização da área de estudo, refere os objectivos do trabalho e a perspectiva adoptada para a caracterização destas zonas. O capítulo 2 aborda a metodologia seguida neste trabalho para a caracterização geotécnica das formações geológicas estudadas. São enumerados os ensaios de laboratório e “in-situ” realizados sobre os solos e as rochas. Referem-se ainda os dados pesquisados para utilização numa primeira fase do trabalho do estudo geotécnico. O capítulo 3 analisa a área de estudo, no que respeita à paleogeografia, tectónica, risco sísmico, geomorfologia e fotogeologia. Com base nas observações de campo descrevem-se as características litológicas, elaborando por fim a carta geológica à escala 1/2000. O capítulo 4 apresenta o estudo geoquímico realizado para o domo dolerítico de Belo Horizonte, que apresenta afloramentos, com diferentes graus de alteração. Refere-se ainda alguma informação química e mineralógica dos calcários e margas do complexo infraliássico.
O capítulo 5 caracteriza do ponto de vista geotécnico, as formações geológicas estudadas, com base em factores como o declive e a hidrogeologia e os resultados dos ensaios laboratoriais e “in-situ”. Os resultados obtidos são correlacionados com as considerações petrográficas realizadas no capítulo 3. O capítulo 6 enumera e analisa os riscos naturais identificados na área de estudo, dando particular relevo, aos riscos geológicos e geotécnicos. O principal caso de estudo é o talude de Belo Horizonte, que manifesta problemas de estabilidade desde a sua escavação. O capítulo 7 apresenta uma carta de zonamento geotécnico, complementada por uma tabela de síntese. A carta foi elaborada por sobreposição das cartas geológica, de declives, hidrogeológica e de unidades geotécnicas. Obtêm-se unidades de zonamento geotécnico que são caracterizadas sumariamente na tabela e estabelece-se uma classificação em função das condições de escavabilidade, aptidão à ocupação urbana e utilização dos materiais em aterros. O capítulo 8 analisa a área de estudo quanto ao planeamento urbano, fazendo algumas quanto ao seu enquadramento no plano director municipal e termina com algumas sugestões para uma revisão do actual PDM. O capítulo 9 apresenta algumas considerações finais, nomeadamente quanto às conclusões principais do estudo geotécnico realizado. Referem-se ainda exemplos de outros trabalhos que poderiam ter sido executados e fazem-se sugestões para eventuais trabalhos futuros. Em anexo são apresentadas, à escala 1/2 000, as cartas geológica, de declives, hidrogeológica, de unidades geotécnicas e de zonamento geotécnico, que constituem um conjunto de síntese da informação geológica e geotécnica a utilizar em questões ligadas ao planeamento urbano.
Description: Mestrado em Geociências
URI: http://hdl.handle.net/10773/16715
Appears in Collections:DGeo - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese.pdf4.36 MBAdobe PDFrestrictedAccess


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.