Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/16455
Title: Membranas compósitas colagénio/CaP para regeneração tecidular guiada
Author: Borges, Ângela Pinto
Advisor: Fernandes, Maria Helena Figueira Vaz
Costa, Maria Elisabete Jorge Vieira da
Keywords: Materiais e dispositivos biomédicos
Tecidos (Biologia) - Dentes
Vidro bioactivo
Colagénio
Defense Date: 29-Oct-2015
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: A conceção de estruturas adequadas para suportar e favorecer o crescimento de tecidos é um dos desafios da engenharia de tecidos. Essas estruturas são materiais geralmente porosos com capacidade de inclusão e proliferação de células capazes de formar novos tecidos ao mesmo tempo que se vão degradando. Doenças como a periodontite afetam grande parte da população e podem levar à perda da estrutura periodontal, sendo necessário recorrer a este tipo de estratégia para promover a sua regeneração. O presente trabalho teve como objetivo produzir e caracterizar membranas para favorecer a regeneração de tecidos em aplicações dentárias. Foram desenvolvidas membranas compósitas de colagénio contendo fosfatos de cálcio bioativos (hidroxiapatite e vidro) como enchimento, em diferentes percentagens, na forma de estruturas porosas ou prensadas. Foram caracterizadas as partículas de hidroxiapatite obtidas por precipitação química, as partículas de vidro produzido por fusão e moagem de fritas e as membranas compósitas preparadas com aqueles enchimentos. Ambos os tipos de membranas apresentaram comportamento bioativo em fluido plasmático sintético. Também se procedeu ao estudo da sua degradação em contacto com saliva humana. A variação da concentração de proteínas na saliva após incubação das várias membranas revelou que, independentemente do tipo e conteúdo do enchimento, o processo de degradação é complexo e depende do tempo de incubação. Os resultados obtidos neste trabalho sugerem globalmente que qualquer uma das membranas compósitas produzidas tem potencialidades para favorecer a regeneração de tecidos da cavidade bucal.
The design of appropriate structures to support and foster the growth of tissues is one of the challenges of tissue engineering. These structures are generally porous materials with ability to support and allow proliferation of cells capable of forming new tissue while they degrade. Diseases such as periodontitis affect a large percentage of the population and can lead to loss of periodontal structure, being necessary to use this type of strategy to promote regeneration. This study aimed to produce and characterize membranes to promote tissue regeneration in dental applications. Collagen composite membranes, containing bioactive calcium phosphates (hydroxyapatite and glass) as fillers, in different percentages have been developed in the form of porous or pressed structures. The hydroxyapatite particles obtained by chemical precipitation, the glass particles produced by melt-quenching and grinding and the composite membranes prepared with those fillers were characterized. Both types of membranes exhibited bioactive behavior in synthetic plasma fluid. A study of the membranes degradation in contact with human saliva was also performed. The variation of the proteins concentration in the saliva after different incubation times of the membranes revealed that, regardless of the type and content of the filler, the degradation process is complex and depends on the incubation time. The results obtained in this work globally suggest that any of the composite membranes produced has the potential to promote the regeneration of tissues of the oral cavity.
Description: Mestrado em Materiais e Dispositivos Biomédicos
URI: http://hdl.handle.net/10773/16455
Appears in Collections:DEMaC - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese.pdftese4.63 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.