Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/15623
Title: Centro de dia e lar: saúde mental de idosos e capacidade para o trabalho dos seus cuidadores formais
Author: Ferreira, Patricia Neves
Advisor: Silva, Carlos Fernandes da
Keywords: Psicologia da saúde
Pessoas idosas
Lares de idosos
Depressão mental
Cuidados de saúde
Gerontologia
Pessoal de saúde
Envelhecimento
Defense Date: 2015
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O Envelhecimento da população é uma realidade cada vez mais presente na nossa sociedade. A investigação junto da população idosa e dos seus cuidadores requer que sejam criadas condições para que, estes grupos, possam usufruir de uma boa qualidade de vida. Propõe-se analisar a capacidade de trabalho dos cuidadores formais de idosos em contexto institucional mas com modalidades de trabalho distintas, no Centro de Dia, onde praticam um horário diurno e fixo, em paralelo com o horário por turnos rotativos diurnos/noturnos praticados no Lar. Foi proposto também analisar o estado mental dos idosos dessas mesmas instituições. A amostra deste estudo contou com 90 participantes dos quais 50 idoso e 40 cuidadores formais. Utilizou-se para a recolha de dados com os idosos o MMSE – Mini-Mental State Examination e a GDS-30 – Escala de Depressão Geriátrica, com os cuidadores a Escala de Graffar e o ICT – Índice de Capacidade para o Trabalho. Os resultados demonstraram não existirem diferenças significativas ao nível da demência e da depressão entre os idosos do Lar e do Centro de Dia. Outros resultados refletiram, para os cuidadores formais, uma capacidade para o trabalho excelente, ligeiramente superior aos dados de referência. Não foi conseguida uma relação entre a saúde mental dos idosos e a capacidade de trabalho dos seus cuidadores formais o que pode retratar o sucesso das medidas de apoio e educação desenvolvidas nesta área.
The aging of the population is a reality more and more present in our society. The research done among the elderly and their caregivers requires that conditions are created so that these groups can enjoy a good life quality. It is proposed to analyse the working ability of elderly caregivers in institutional context but with different working arrangements on the Day Center, where is practiced a daily fixed schedule, in contrast with the time of full time rotating shifts practiced at the Nursing Home . It was also proposed examination of mental state of the elderly of those institutions. The sample included 90 participants, 50 of which elderly and 40 formal caregivers. In order to collect data, among the elderly there was made use of the MMSE - Mini Mental State Examination and the GDS-30 – The Geriatric Depression Scale. For the caregivers it was applied the Graffar Social Scale and WAI – Work Ability Index. The results showed no significant differences at the level of dementia and depression among the elderly of Nursing Home and Day Centre. Other results reflected, for formal caregivers, a capacity for excellent work, slightly higher than the reference data. It was unable to achieve a relationship between the mental health of the elderly and the working capacity of the formal caregivers which can portray the success of the support and education measures developed in this area.
Description: Mestrado em Psicologia da Saúde e Reabilitação Neuropsicológica
URI: http://hdl.handle.net/10773/15623
Appears in Collections:DEP - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado



FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.