Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/14614
Title: Applets na aprendizagem matemática em situação de aulas de apoio ao estudo
Author: Andrade, Ana Paula Silva
Advisor: Vieira, Celina Tenreiro
Keywords: Educação matemática
Ensino da matemática
Ensino básico 2º ciclo
Actividades da aula
Estratégias da aprendizagem
Motivação para a aprendizagem
Recursos digitais
Defense Date: 2014
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Atualmente, os recursos tecnológicos à disposição do professor têm potencialidades para melhorar processos de ensino e aprendizagem da matemática, tornando-se cada vez mais importante a reflexão sobre a sua utilização e respetivo impacto nas aprendizagens dos alunos. De acordo com o organismo internacional National Council of Teachers of Mathematics (NCTM) (2008), as tecnologias proporcionam aos professores a opção de adaptações às necessidades especiais e particulares de certos alunos. Neste contexto, o presente estudo tem como finalidade desenvolver atividades matemáticas, com foco na exploração de applets, que contribuam para a mobilização/construção de conhecimentos matemáticos e para promover o gosto pela matemática de alunos em situação de Aulas de Apoio ao Estudo (AAE). O estudo segue uma metodologia qualitativa, num plano de estudo de caso, sendo o caso, um grupo de seis alunos, do 6.º ano de escolaridade no 2.º Ciclo do Ensino Básico (CEB). Para a recolha de dados utilizaram-se vários instrumentos: i) diário do professor, ii) escala classificada, iii) instrumento de análise das produções escritas dos alunos, e iv) questionários. Os resultados obtidos indicam que as atividades matemáticas, com foco na exploração de applets, contribuíram para a mobilização/construção de conhecimentos matemáticos, bem como para promover o gosto dos alunos pela matemática. Os alunos afirmaram que gostaram de realizar as atividades propostas, considerando as AAE em que estas foram implementadas mais interessantes, divertidas e produtivas do que as AAE em que tal não aconteceu.
Nowadays, the technological resources available to teachers have the potential to improve the learning and teaching processes of mathematics, which makes reflecting about their use and their impact on student learning capability very important. According to the international organization, the National Council of Teachers of Mathematics (NCTM) (2008), the technologies provide teachers with the option to adapt to the special and particular needs of certain students. In this context, the present study aims to develop mathematical activities, focusing on the discovery of applets that contribute to the mobilization/construction of students’ mathematical knowledge and promote a deeper appreciation of this subject, especially in Study-Aid classes (AAE, in Portuguese). The study follows a qualitative methodology, a study plan case, which consists of a group of six students from the 6th grade of the 2nd Cycle of Basic Education (CEB, in Portuguese). Several instruments were used in order to collect data: i) the researcher’s journal, ii) a ranking scale, iii) a tool for the analysis of the students' written productions, and iv) questionnaires. The results of this study demonstrate that the mathematical activities, which were focused on exploring these applets, contributed not only to the mobilization/construction of the students’ mathematical knowledge, but also to their enjoyment of the subject. The students stated that they had liked to perform the proposed activities. They also considered the Study-Aid classes (AAE, in Portuguese) where these applets had been implemented to be more interesting, fun and productive than the AAE classes where these applets had not been applied.
Description: Mestrado em Ensino do 1º e 2º Ciclo do Ensino Básico
URI: http://hdl.handle.net/10773/14614
Appears in Collections:DEP - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese.pdf2.63 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.