Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/10404
Title: Jogar com a diversidade linguística e cultural no pré-escolar
Author: Henriques, Cindy Tavares
Advisor: Pinho, Ana Sofia
Keywords: Educação pré-escolar
Diversidade linguística
Pluralismo cultural
Jogos educativos
Jogos infantis
Desenvolvimento da linguagem
Desenvolvimento das crianças
Defense Date: 2012
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Num mundo cada vez mais marcado por uma heterogeneidade linguística e cultural surge a necessidade de promover nas crianças o gosto pelas diferentes línguas e culturas e fomentar nestas uma atitude de respeito e tolerância face ao Outro. Neste âmbito, é imprescindível que se inicie a sensibilização à diversidade linguística e cultural em crianças em idade do pré-escolar, de forma a que estas, desde cedo, desenvolvam competências pessoais, culturais e linguísticas que lhes permitam uma integração na realidade social atual (Candelier, 2003; Martins, 2008 e Sá, 2007). O jogo pode ser um instrumento fundamental para as crianças se aproximarem das línguas e das culturas, daí que o seu incremento no contexto pré-escolar seja considerado bastante promissor (Hagège, 1996; Coelho, 2007 e Lucas, 2000). Enquadrado nesta perspetiva surge o presente trabalho, cujo principal objetivo se prende com a compreensão do desenvolvimento da competência plurilingue em crianças em idade do pré-escolar através da abordagem da sensibilização à diversidade linguística e cultural centrada no jogo. Tratando-se de um estudo assente numa investigação qualitativa do tipo investigação-ação (Bogdan & Biklen, 1994; Esteves, 2002 e Carmo & Ferreira, 1998), este baseou-se no desenvolvimento de um projeto didático em contexto de Educação Pré-Escolar e procurou articular a abordagem da sensibilização à diversidade linguística e cultural com o jogo enquanto estratégia pedagógico-didática. Após a análise de conteúdo dos dados, recolhidos através da observação direta, das videogravações, dos trabalhos realizados pelas crianças e das grelhas de avaliação, podemos concluir que a abordagem da sensibilização à diversidade linguística e cultural, ao permitir que as crianças contactem com línguas diferentes da sua, possibilitando a identificação de palavras que não utilizam no quotidiano, o estabelecimento de comparações interlinguísticas e o encontro de semelhanças entre línguas distintas, fomenta nestas o desenvolvimento do seu repertório linguístico e, assim, da sua competência plurilingue. No que concerne ao jogo, este assume-se como uma via estimulante e motivante, capaz de levar as crianças a explorar novas palavras e novos aspetos culturais, apresentando-se, por isso, como um recurso promotor de diversas competências. Este estudo põe assim em evidência as potencialidades que uma educação, em contexto pré-escolar, assente na sensibilização à diversidade linguística e cultural através do jogo apresenta para o desenvolvimento linguístico das crianças.
In a world increasingly marked by different languages and cultures, there is the need to encourage children to treasure the different languages and cultures and to foster in them an attitude of respect and tolerance towards Others. In this context, it is vital to raise the preschool children’s awareness of linguistic and cultural diversity, so that they can develop from a very early age personal, cultural and language competences that enable them to get integrated in the present social reality (Candelier, 2003; Martins, 2008 e Sá, 2007). The game can be a crucial tool to bring the children near to languages and cultures. Therefore its use in the preschool context can be considered very promising (Hagège, 1996; Coelho, 2007 e Lucas, 2000). In this background, the present work aims at understanding the development of the plurilingual competence of preschool children, by resorting to the Awakening to Languages and Cultures approach based on game activities. Being a qualitative study following an action-research perspective (Bogdan & Biklen, 1994; Esteves, 2002 e Carmo & Ferreira, 1998), it relied on the development of a didactic project in the context of Preschool Education and sought to articulate the awakening to languages and cultures approach and the game as a pedagogical-didactic strategy. After the content analysis of the data, which were collected resorting to direct observation, video recordings, children’s works and evaluation grids, we can conclude that the awakening to languages and cultures approach, – by allowing children to contact with different languages and enabling the identification of words not used in their everyday life, comparing and finding similarities between different languages –, has concurred to the development of their linguistic repertoire and plurilingual competence. Regarding the game as a didactic strategy, it has showed to be a stimulating and motivating way to help children explore new words and new cultural topics, thus becoming a promoter of various skills. This study highlights the potential that an education based on the awakening to languages and cultures approach based on game activities has to the linguistic development of children in Preschool age.
Description: Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1ºCiclo do Ensino Básico
URI: http://hdl.handle.net/10773/10404
Appears in Collections:DEP - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertação.pdf6.19 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.