Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/10293
Title: Deíticos pessoais: aquisição e domínio da colocação pronominal
Author: Nunes, Sara Raquel Nogueira Veiga
Advisor: Moreno, António Barreira
Keywords: Produção da fala
Língua portuguesa
Pronomes pessoais
Aprendizagem da linguagem
Desenvolvimento das competências
Ensino básico
Defense Date: 2012
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Os pronomes clíticos, dadas as suas características enquanto termos deíticos, apresentam-se como uma das aquisições mais complexas no desenvolvimento do português europeu. O presente trabalho teve como objetivo principal avaliar a capacidade de colocação dos pronomes clíticos de crianças na transição do 1º para o 2º Ciclo do Ensino Básico. Especificamente foram comparados os desempenhos na colocação pronominal nas posições de ênclise e de próclise e na colocação de clíticos dativos e acusativos. Foi ainda analisada a eficiência dos proclisadores enquanto palavras cuja presença induz o padrão de colocação proclítico. Para tal, foram aplicadas provas escritas de produção elicitada a 54 crianças, 26 das quais frequentavam o 4º ano e as restantes 28 o 5º ano de escolaridade. Os resultados obtidos revelam que, contrariamente ao referido por alguma literatura, as crianças avaliadas efetuam corretamente a colocação pronominal, apresentando valores elevados de respostas corretas para a colocação em ênclise e em próclise. Ambos os grupos (4º ano e 5º ano) apresentaram um melhor desempenho na colocação enclítica. Apenas no grupo do 5º ano se registam diferenças significativas ao nível da colocação dos clíticos dativos em comparação com os acusativos. Relativamente aos proclisadores avaliados não se observaram diferenças significativas na capacidade de indução da posição proclítica.
Due to their characteristics as deictical terms, clitic pronouns are presented as one of the most complex acquisitions in the development of the European Portuguese. The main purpose of this study is assessing the ability of children in placing the clitic pronouns in the transition of the 1st to the 2nd level of basic education. In particular we have compared their performances in placing pronouns in enclisis and proclisis positions as well as in placing accusative and dative clitics. The efficiency of proclisis triggers, as words whose presence induce to a proclitic pattern of placement was also tested. To achieve those results written tests of elicited production were applied to 54 children. 26 children attended the fourth year and the remaining 28 attended the fifth year. The results showed that, contradicting some literature in reference, the evaluated children perform correctly the placing pronouns, demonstrating higher values of correct answers for the placement in enclisis and proclisis. Both groups (fourth and fifth years) had better results in enclitic placement. Only in the fifth year group there were significant differences in terms of placement of dative clitics comparing it with the acusative. Regarding to proclisis triggers assessed, there were no considerable differences in the ability of inducing the proclitic position.
Description: Mestrado em Ciências da Fala e da Audição
URI: http://hdl.handle.net/10773/10293
Appears in Collections:DCM - Dissertações de mestrado
DLC - Dissertações de mestrado
DETI - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertação.pdf960.05 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.