Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/10087
Title: A imunidade inata na insuficiência cardíaca: papel dos monócitos
Author: Reis, Cláudio Araújo dos
Advisor: Guimarães, João Tiago de Sousa Pinto
Santos, Maria da Conceição
Keywords: Biologia molecular
Imunologia
Monócitos
Insuficiência cardíaca
Defense Date: 2012
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Os monócitos desempenham um papel importante na imunidade inata e a ativação desta é mediada pelos recetores Toll-like (TLRs). Os TLRs estão envolvidos no reconhecimento de micro-organismos estranhos pelo sistema imunológico inato, podendo também ser ativados por moléculas endogénas. Os TLR2 e TLR4 têm sido associados à ativação da imunidade inata na insuficiência cardíaca (IC). Os monócitos são populações heterogéneas e compreendem subpopulações com fenótipos distintos, que podem ser identificadas pela diferente expressão dos antigénios CD14 e CD16. Este estudo tem como objetivo clarificar os mecanismos de ativação da imunidade inata em doentes com insuficiência cardíaca crónica (ICC), utilizando a imunofenotipagem celular por citometria de fluxo. Foi colhido sangue periférico a 15 doentes com ICC e a 12 controlos saudáveis. Estudou-se por citometria de fluxo o fenótipo celular dos monócitos (FSC, SSC, TLR2, TLR4, CD4, CD11b, CD14, CD16, CD36, CD45, CD64, HLA-Dr e IREM-2), dos neutrófilos (FSC, SSC, CD10, CD11b, CD13, CD15, CD16 e CD45) e dos linfócitos (CD3, CD4, CD8, CD16, CD19 e CD56). As três subpopulações monocíticas identificadas (CD14+CD16-, CD14+CD16+ e CD14dimCD16+) apresentaram diferenças fenotípicas dos antigénios celulares estudados. A subpopulação CD14+CD16+ foi a que expressou com maior intensidade vários antigénios de ativação e os recetores TLR2 e TLR4. Os doentes com ICC apresentaram um aumento ligeiro da percentagem dos monócitos CD14+CD16+ e uma diminuição dos monócitos CD14+CD16-. A subpopulação CD14dimCD16+ apresentou uma diminuição significativa da sua percentagem com o aumento da gravidade da ICC. Na maioria das subpopulações, o TLR2 e o TLR4 tiveram uma tendência de aumento da sua expressão nos doentes com ICC, do que nos controlos. Os monócitos CD14dimCD16+ apresentaram uma diminuição significativa da expressão do TLR2 nos doentes com ICC, relativamente ao grupo controlo. A expressão diferencial do TLR2 e do TLR4 nos subtipos de monócitos poderá contribuir para o desenvolvimento e progressão da IC. A existência de subpopulações monocíticas com fenótipos e funções distintas poderá fornecer informações valiosas da patogénese da IC.
Monocytes play an important role in innate immunity and these are activated by the Toll-like receptores (TLRs). TLRs are able to recognise foreign microorganisms via the innate immune system and these can also be activated by endogenous molecules. TLR2 and TLR4 have been associated with activation the innate immunity in heart failure (HF). Monocytes are heterogenous populations which are subdivided into distinct phenotypes and can be identified by the different expression of CD14 and CD16 antigens. This study´s main objective is to clarify the activation mechanisms of innate immunity in patients with chronic heart failure (CHF), using the cellular immunophenotyping by flow cytometry. Peripheral blood was taken from 15 patients with CHF and was used also 12 health controls. The cellular phenotypes of the monocytes were studied using flow cytometry (TLR2, TLR4, CD4, CD11b, CD14, CD16, CD36, CD45, CD64, HLA-Dr, IREM-2, FSC and SSC), in neutrophils (CD10, CD11b, CD13, CD15, CD16, CD45, FSC e SSC) and in lymphocytes (CD3, CD4, CD8, CD16, CD19 e CD56). The three monocytic subpopulations identified (CD14+CD16-, CD14+CD16+ e CD14dimCD16+) revealed phenotypic differences of the cellular antigens. The CD14+CD16+ subpopulation expressed greater intensity of several activation antigens as well TLR2 and TLR4 receptors. Patients with CHF showed a slight increase in monocyte percentage CD14+CD16+ and a decrease in CD14+CD16- monocytes. The CD14dimCD16+ subpopulation showed a significant decrease of its percentage with increasing severity of CHF. In most subpopulations, TLR2 and TLR4 had a trend of increased expression in patients with CHF than controls. In patients with CHF, CD14dimCD16+ monocytes showed a significant decrease in expression of TLR2, than the control group. Different expression of TLR2 and TLR4 in the subtypes of monocytes may contribute to the development and progression of HF. The existence of monocytic subpopulations with distinct phenotypes and functions can provide valuable information of the pathogenesis of HF.
Description: Mestrado em Biologia Molecular e Celular
URI: http://hdl.handle.net/10773/10087
Appears in Collections:DBio - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_claudio reis.pdf1.26 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.