DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Dissertações de mestrado >
 Descritores biológicos num gradiente de enriquecimento orgânico
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/919

title: Descritores biológicos num gradiente de enriquecimento orgânico
authors: Cabral, Ana Maria Pina
advisors: Quintino, Victor Manuel dos Santos
Barroso, Carlos Miguel Miguez
keywords: Toxicologia
Macrofauna bentónica
Efluentes domésticos
issue date: 2008
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Este estudo teve como objectivo avaliar os efeitos do efluente de origem doméstica eliminado através do emissário submarino da Guia no ambiente marinho receptor. Foram recolhidas, em Julho de 2005, amostras em três locais (L1, L2 e L3) na vizinhança do emissário submarino, para a caracterização físico-química dos sedimentos e para o estudo da estrutura da comunidade macrobentónica. L1 localiza-se entre os dois ramos do emissário perto da área de difusão do efluente, enquanto que L2 e L3 distam daquele em 2 e 3 km, respectivamente. Verificou-se que os sedimentos superficiais da área de estudo são de areia fina com um baixo conteúdo em finos e sem sinais de ocorrer a acumulação de sólidos voláteis totais na zona de difusão dos efluentes. O valor mais baixo de Eh (-28mV) foi determinado no local de amostragem mais próximo dos difusores (L1). Na caracterização da macrofauna bentónica foram recolhidas, no conjunto dos três locais de amostragem, 122 espécies e cerca de 5800 indivíduos que apresentaram uma biomassa total de cerca de 220g. Verificou-se que a abundância e a biomassa decresceram com a distância ao emissário enquanto que a riqueza em espécies e o índice de diversidade de Shannon- Wiener aumentaram neste sentido. Em L1 dominaram em termos de abundância e de biomassa espécies oportunistas (Capitella spp. e Nassarius reticulatus, respectivamente) que contribuíram em mais de 70% para a abundância e em mais de 48% para a biomassa daquele local. A abundância destas espécies diminuiu com a distância ao emissário sendo em L3 o complexo Capitella spp. substituído por Hyalinoecia bileneata considerada uma espécie típica daquela zona costeira. Também as curvas de dominância da abundância e da biomassa (curvas ABC) sugerem a presença de uma comunidade macrobentónica moderadamente perturbada em L1 diminuindo a evidência da perturbação à medida que a distância ao emissário aumenta. Estes resultados suportam a hipótese de que a perturbação desta comunidade se deve ao enriquecimento orgânico associado ao funcionamento do emissário submarino. Nos mesmos locais de amostragem eterminaram-se os níveis de imposex em Nassarius reticulatus. Não se observaram diferenças significativas entre os valores de comprimento de pénis (FPL) e de comprimento relativo de pénis (RPLI) nos três locais de amostragem, os quais variaram entre 0,093 e 0,124 e, entre 0,871 e 1,202, respectivamente. No entanto, verificou-se que o índice de sequência do vaso deferente (VDSI) e a percentagem de fêmeas afectadas por imposex % I aumentaram significativamente com a distância ao emissário (ANOVA: F= 34.9; P <0.001 para VDSI; F= 40,4; P <0,001 para % I). O VDSI variou entre 0,418 e 0,842 enquanto que a % I variou entre 40,53 e 70,25%. Colocou-se a hipótese de que o gradiente de intensidade de imposex acima descrito se poderia dever à acção de compostos estrogénicos eventualmente presentes no efluente. Para testar esta hipótese realizaram-se ensaios laboratoriais para avaliar o efeito de uma mistura de compostos com actividade estrogénica (MCAE), geralmente presentes em águas residuais domésticas, no desenvolvimento de imposex. Para tal, expuseram-se fêmeas de N. reticulatus a tributilestanho (TBT) e a TBT (250 ng Sn-TBT/L) com concentrações crescentes de MCAE (composta por 17 β-estradiol, 17α- etinilestradiol, estrona e nonilfenol). Verificou-se, conforme esperado, que o TBT induz o desenvolvimento de imposex em todos os tratamentos em que foi introduzido mas não houve alterações significativas nos níveis daquele parâmetro na presença de MCAE, indicando que aqueles compostos estrogénicos, nas condições experimentais utilizadas, não interferem no desenvolvimento de imposex. ABSTRACT: This study aims to assess the effects of screened but untreated sewage from a major city, discharged to the marine environment via an offshore outfall (Guia). In July 2005, samples from three sites (L1, L2 and L3) were taken for the sediment physical and chemical characteristics study and for the benthic community structure study. L1 is located between the branches of the outfall in the discharge area, and L2 and L3 are, respectivelly, 2 and 3 km distant from L1. The superficial sediments in the study area were composed of fine sand with a low content of particles with less than 63 μm and without signs of volatile solids accumulation close to the outfall. The lowest Eh value (-28mV) was observed at the vicinity of the diffusers (L1). A total of 122 species, representing around 5800 specimens with a total wet weight biomass of 220g, were identified in the three sites. It was observed that abundance and biomass decreased with the distance to the outfall while species richness and Shannon-Wiener diversity index increased. Opportunist species dominated in abundance (Capitela spp.) and biomass (Nassarius reticulatus) in L1, contributing to more than 70% of the total abundance and to more than 48% of the total biomass, respectively. The abundance of those taxa decreased with the distance to the outfall being the complex Capitella spp. absent at L3 site and replaced by Hyalinoecia bilineata. The Abundance/Biomass comparison (ABC) curves also indicate that the macrobenthic community was moderately disturbed in L1. The results support the hypothesis of community disturbance due to organic enrichment related to the operation of the outfall. Imposex was asssessed in Nassarius reticulatus populations in the same sampling sites. There were no significant differences in female penis length (FPL) and relative penis length index (RPLI), which varied between 0,093 and 0,124 and, between 0,871 and 1,202, respectively. However, the vas deferens sequence index (VDSI) and the percentage of females affected with imposex (% I) increased sinificantly with the distance to the outfall (ANOVA: F= 34.9; P <0.001 for VDSI; F= 40,4; P <0,001 for % I): the VDSI ranged from 0,418 to 0,842 and % I varied from 40,53 to 70,25%. In an attempt to evaluate if a mixture of estrogenic active chemicals (MCAE), at environmentally relevant concentrations, could cause a reduction of imposex development under laboratory conditions, we have tested if exposure to a mixture of 17 β-estradiol, 17α- ethinylestradiol, estrone and nonylphenol could ameliorated the severity of imposex induced by tributyltin (TBT) in Nassarius reticulatus. After 30 days of exposure, results demonstrated a significant increase in FPL in all treatments where TBT (250 ng Sn-TBT/L) was present. However, the addition of MCAE to TBT had no significant effects on the development of imposex suggesting that these estrogenic compounds may have no influence on imposex expression in this specie.
description: Mestrado em Toxicologia
URI: http://hdl.handle.net/10773/919
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado
PT Mar - Dissertações de mestrado
Ria - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2009001262.pdf1.17 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2