DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Dissertações de mestrado >
 Mapeamento de vegetação submersa através de acústica de feixe simples
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/910

title: Mapeamento de vegetação submersa através de acústica de feixe simples
authors: Mamede, Renato José Braz
advisors: Quintino, Víctor
Freitas, Rosa de Fátima Lopes de
keywords: Biologia marinha
Algas marinhas
Sedimentos marinhos
Ecossistemas aquáticos
Bentos
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Este estudo foi realizado no Mar Menor (Espanha), lagoa costeira mediterrânica de águas pouco profundas. Desde a década de 1970, que a macroalga Caulerpa prolifera tem vindo a expandir-se por todo o Mar Menor à custa da erva marinha Cymodocea nodosa, ocupando actualmente a maior parte desta bacia hidrográfica. A fixação desta macroalga teve como consequência o envasamento dos sedimentos devido à retenção de partículas finas no sistema rizoidal. Foi utilizado um sistema de discriminação de fundos (QTC VIEW série V) ligado a uma sonda de feixe simples com dupla frequência (50 e 200 kHz), com o objectivo de distinguir entre fundos com diferentes densidades da macroalga Caulerpa prolifera, caracterizados por diferentes tipos sedimentares. Para isto foram postas à prova duas hipóteses nulas, utilizando a análise permutacional multivariável de variância (PERMANOVA). As hipóteses testadas foram: H01: não existem diferenças acústicas entre áreas arenosas e vasosas sem cobertura vegetal; H02: não existem diferenças acústicas significativas entre áreas com baixa, média e elevada biomassa algal. Os testes efectuados provaram que efectivamente, ambas as frequências estão aptas para a discriminação sedimentar e que, principalmente os 200 kHz são sensíveis à presença da macroalga. ABSTRACT: This study was conducted in Mar Menor (Spain), a mediterranean coastal shallow water lagoon. A single-beam Acoustic Ground Discrimination System (AGDS), QTC VIEW, series V, was used, connected to a dual frequency echosounder (50 and 200 kHz), with the aim of distinguish between bottoms with different densities of the macroalgae Caulerpa prolifera and caracerized by different sediment types. Since the 1970’s, that C. prolifera was expanding for all Mar Menor to expense of seagrass Cymodocea nodosa, and actually it occupies the major part of this hydrographic basin. The fixation of this macroalgae, was as consequence, the silting up of the superficial sediments, due to the retention of sediment fine particules. For this two null hypothesis were tested, using a permutacional multivariate analysis of variance (PERMANOVA). The null hypothesis tested were: H01: no significant acoustic differences exist between bare sandy and muddy bottom areas; H02: no significant acoustic differences exist among low, medium and high algal biomass areas. The tests effectuated prove that both frequencies are able to discriminate different sediment types and that,
description: Mestrado em Biologia Marinha
URI: http://hdl.handle.net/10773/910
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado
PT Mar - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2010001614.pdf2.22 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2