DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Dissertações de mestrado >
 Estudo das comunidades bentónicas numa área de exploração de bivalves
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/893

title: Estudo das comunidades bentónicas numa área de exploração de bivalves
authors: Ricardo, Fernando António Francisco
advisors: Quintino, Victor Manuel dos Santos
Freitas, Rosa de Fátima Lopes de
keywords: Biologia marinha
Macrofauna bentónica
Macroinvertebrados
Bivalves
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O presente estudo integra os resultados obtidos por um sistema acústico de descriminação de fundos (QTC VIEW, Série V) ligado a uma ecosonda de dupla frequência (50 e 200 kHz), com a análise granulométrica dos sedimentos superficiais e o estudo das comunidades de macroinvertebrados bentónicos. O estudo foi desenvolvido na costa algarvia, numa extensão de 50Km, entre Olhão e Vila Real de Santo António, entre 3 e 30m de profundidade, abrangendo uma área de aproximadamente 270km2 onde a exploração bivalve é intensa. Da análise dos dados acústicos, para ambas as frequências, foram obtidas duas classes acústicas, correspondendo a duas áreas geográficas distintas: uma localizada mais perto da costa, entre 3 e 7m de profundidade e outra situada mais ao largo, entre 7 e 30m de profundidade. A análise granulométrica mostrou uma correspondência próxima entre a diversidade acústica e os principais grupos sedimentares: a classe acústica situada perto da costa está caracterizada principalmente por areias médias e finas, ao passo que, a classe acústica encontrada mais ao largo é constituída por areia grosseira e muito grosseira. A análise dos dados biológicos indicou a ocorrência de duas comunidades principais: uma localizada junto da costa e outra ao largo. A comunidade localizada perto da costa encontra-se dividida em três subgrupos, um situado na entrada de Ria Formosa, e os restantes ao longo da costa. O sistema acústico utilizado identificou as duas grandes áreas sedimentares e grupos biológicos, não sendo, no entanto, capaz de identificar os sub-grupos sedimentares e biológicos existentes na área de estudo. Este facto reforça a necessidade de incluir o estudo de descritores ambientais e biológicos em estudos que envolvam o mapeamento detalhado de biótopos bentónicos costeiros. ABSTRACT: The present study integrates the results obtained from an acoustic survey with a single-beam ground discrimination system (QTC VIEW, Series V) connected to a dual frequency echo sounder (50 and 200 kHz), with the study of sediment grain size and benthic macroinvertebrate communities. The study was conducted in the Southern coast of Portugal, between 3 and 30m water depth, along 50 Km and covering an area of approximately 270 Km2 where bivalve exploitation is intense. From the analysis of the acoustic data, for both frequencies, two acoustic classes were obtained, corresponding to two distinct geographical areas: one located inshore, between 3 and 7 meters depth and the other offshore, between 7 and 30 meters depth. The grain-size analysis showed a close agreement between the acoustic diversity and the main sedimentary groups: the acoustic class located inshore is mainly characterized by medium and fine sands while the acoustic class located offshore corresponds coarse and very coarse sand. The biological data indicates the occurrence of two main groups in this coastal area also distributed inshore and offshore. The inshore group is divided in three sub-groups, one located at the entrance of Ria Formosa, and the others along the coast. The acoustic diversity corresponds well to the two main sedimentary areas and the two main biological communities. The acoustic results permit thus to map the main areas with higher spatial resolution than that obtained from the point sampling used to study the sediments and the benthic communities. However, the acoustic diversity was unable to recognize the details in both the benthic communities and the superficial sediments, reinforcing the need to include the study of both descriptors in a detailed mapping of coastal benthic biotopes.
description: Mestrado em Biologia Marinha
URI: http://hdl.handle.net/10773/893
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado
PT Mar - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2010000735.pdf5.83 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2