DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Instituto Superior de Contabilidade e Administração > ISCA - Dissertações de mestrado >
 Impactos em IRC decorrentes da aplicação das IAS/IFRS no novo PCES
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/8815

title: Impactos em IRC decorrentes da aplicação das IAS/IFRS no novo PCES
authors: Costa, José António Braga da
advisors: Antão, Avelino Azevedo
keywords: Normas internacionais de contabilidade
Normalização contabilística
Seguros
issue date: 2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: A entrada em vigor do Regulamento (CE) 1606/2002, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 19 de Julho, veio tornar obrigatória a adopção das normas internacionais de contabilidade, para um número significativo de empresas europeias cotadas em mercados regulamentados. Em Portugal, e especificamente para as companhias de seguros, essa obrigação só passou a ser válida a partir do ano de 2008. O nosso estudo teve como objectivo primordial analisar os impactos ocorridos no Capital Próprio e no Resultado Líquido das vinte maiores empresas de seguros, que operavam em Portugal no ano de 2010. Para obtermos os resultados pretendidos recorremos, essencialmente, às Demonstrações Financeiras publicadas pelas empresas previamente seleccionadas. As notas finais, permitiram-nos concluir que os impactos decorrentes da aplicação das normas internacionais de contabilidade ao ramo de seguros, implicou uma diminuição significativa do capital próprio de muitas das empresas analisadas, tendo-as obrigado a tomar medidas para ultrapassar esse problema, mas fez aumentar o resultado líquido, não pondo em causa as receitas esperadas pelo Governo para este sector de actividade.

The implementation of a new regulation (EC) by the Europeans! Parliament and Council, on the 19th of July 2002, has presented an adoption!s obligation of the international accounting!s standards, for a considerable number of european companies listed in regulated markets. In Portugal, and specifically for insurance companies, this commitment has only passed to be valid since 2008. This paper!s main goal was to analyse the impact of this new regulation over the Stockholder Equity and Net Profit of the twenty major insurance companies operating in Portugal during 2010. In order to obtain this purpose, the financial statements published by these companies, were carefully consulted. This study has leaded to the conclusion that the outcome of the application of these international accountability standards to the insurance branch, implied a significant decrease of the Stockholder Equity over most of the considered companies. Therefore, certain measures were mandatorily applied to overcome this problem. However, the net profit increased, which allowed the government to achieve the revenues expected for this branch of activity.
description: Mestrado em Contabilidade - Fiscalidade
URI: http://hdl.handle.net/10773/8815
appears in collectionsISCA - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
6245.pdf5.28 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2