DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Ambiente e Ordenamento > DAO - Dissertações de mestrado >
 Carbono orgânico e elementar em partículas em suspensão em habitações
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/8477

title: Carbono orgânico e elementar em partículas em suspensão em habitações
authors: Pinho, Isabel Cristina Correia de
advisors: Cerqueira, Mário Miguel Azevedo
Nunes, Teresa Filomena Vieira
keywords: Engenharia do ambiente
Casas de habitação
Qualidade do ar
Carbono
Partículas suspensas
issue date: 2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: As concentrações de partículas em suspensão na atmosfera (PM10) e o seu conteúdo em carbono foram determinadas em amostras recolhidas em quatro locais distintos do concelho de Aveiro. Na recolha das amostras foram utilizados dois amostradores, de baixo caudal um para o ar interior e outro para o ar exterior, em simultâneo, com tempos de amostragem de 48 horas. As concentrações de PM10 foram determinadas por gravimetria, enquanto que o material carbonoso foi determinado pelo método termo-óptico, através do sistema desenvolvido no Departamento de Ambiente e Ordenamento. Os resultados referentes às medições de PM10 indicaram que em ambiente interior as concentrações são, aproximadamente, o dobro das registadas em ambiente exterior (variando entre 47,50 e 210,08 e 32,14 e 94,94 μg/m3, respectivamente). Em relação à análise termo óptica, foram observadas concentrações de carbono orgânico (OC) máximas de 64,09 μg/m3 e mínimas de 8,10 μg/m3, para o ambiente interior, e respectivamente 12,32 μg/m3 e 2,15 μg/m3, em ambiente exterior. As concentrações de carbono elementar (EC) variaram entre 0,83 μg/m3 e 7,09 μg/m3, para ambiente interior e 0,37 μg/m3 e 5,25 μg/m3, em ambiente exterior. Em ambos os ambientes o rácio OC/EC foi substancialmente superior à unidade. O rácio interior/exterior para o carbono orgânico foi superior à unidade, sugerindo um maior número de fontes emissoras no interior das habitações. Por sua vez, na maioria dos locais de amostragem, o rácio interior/exterior para o carbono elementar foi muito próximo da unidade, indicador de que a maioria das fontes emissoras encontram-se no exterior do edifício.

The concentrations of particulate matter (PM10) and carbonaceous particulates were determined in samples collected at four separate locations in the municipality of Aveiro. Two low volume samplers were used for collecting the samples, one for the indoor air and the other for the outdoor air, simultaneously for every 48 hours. PM10 concentrations were determined using gravimetric method, while the carbonaceous material was determined by thermal-optical carbon analyzer developed by the Departamento de Ambiente e Ordenamento. The results of PM10 measurements in the indoor environment indicated that concentrations are approximately double those recorded in the outdoor environment (47.50 and 210.08 and 3.14 and 94.94 μg/m3, respectively). Thermal-optical analysis showed concentrations of elemental carbon (EC) ranged from 7.09 μg/m3 to 0.83 μg/m3 for indoor and 5.25 μg/m3 to 0.37 μg/m3 in the outdoor air. In both environments the ratio OC/EC was substantially bigger than the unit. The indoor/outdoor ratio of organic carbon was higher than the unit as well, suggesting a greater number of emission sources within the housing. In turn, for most of the sampling sites, the indoor/outdoor ratio for elemental carbon was very close to the unit, indicating that most of the emission sources are located outside the building.
description: Mestrado em Engenharia do Ambiente
URI: http://hdl.handle.net/10773/8477
appears in collectionsDAO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
248302.pdf4.19 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2