DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Dissertações de mestrado >
 A flora do distrito de Aveiro e suas aplicações medicinais
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/7941

title: A flora do distrito de Aveiro e suas aplicações medicinais
authors: Pinto, Patrícia Alexandra Freire
advisors: Silveira, Paulo Cardoso da
keywords: Biologia
Flora - Distrito de Aveiro (Portugal)
Biodiversidade
Fitogeografia
Fitoterapia
Plantas medicinais
issue date: 2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O Distrito de Aveiro tem uma posição privilegiada em Portugal Continental. Este facto deve-se às suas características geomorfológicas, porque dele fazem parte desde áreas de litoral com relevos planos até áreas de interior com maiores altitudes; hidrográficas, pois dele faz parte a bacia hidrográfica do Vouga e a Ria de Aveiro, e climatéricas, pois beneficia de um clima ameno e propício ao desenvolvimento da biodiversidade florística. Os herbários são vastas colecções botânicas que possuem bastante informação e como tal difícil de gerir. No caso específico do herbário da Universidade de Aveiro (AVE), este é constituído por cerca de 13000 espécimes originais. Com o propósito de contribuir para um conhecimento da flora do distrito de Aveiro, foram informatizados espécimes existentes no AVE pertencentes às famílias Euphorbiaceae até à Asclepiadaceae, segundo a Nova Flora de Portugal (Franco, 1971), com o auxílio do programa BRAHMS. Posteriormente, realizou-se a análise dos dados obtidos tendo sido estudado o espectro taxonómico, biológico e corológico apenas dos taxa colhidos no distrito de Aveiro. Nesta análise foram considerados os 678 espécimes informatizados correspondentes a 153 taxa. A família Umbelliferae, com 22,6% dos espécimes informatizados, foi a mais abundante. As formas biológicas mais representadas foram os Hemicriptófitos (37,8%) seguidos dos Fanerófitos (28,4%) e dos Terófitos (16,2%). Estes resultados, embora evidenciem influências ambientais intermédias entre os climas Mediterrânico e Temperado podem não reflectir, de forma integral, as características ambientais do Distrito, uma vez que a flora não foi estudada na sua totalidade. Da análise do espectro corológico obteve-se a unidade corológica Mediterrânea, como sendo a mais representada com 41,4%. Actualmente, os efeitos negativos causados pelos medicamentos sintéticos têm cada vez mais relevância e originam uma preocupação crescente. Deste modo, estudou-se ainda a quais das plantas existentes no Distrito são atribuídas propriedades medicinais e, quais os seus benefícios e efeitos adversos na saúde humana. Das 34 famílias estudadas 64,7% apresentam pelo menos uma planta medicinal, sendo a família Umbelliferae a que maior percentagem (30,61%) de espécies medicinais apresenta. Quanto às propriedades medicinais, as que mais se evidenciam, de entre as plantas estudadas são a actividade antioxidante e diurética. As espécies que apresentam mais propriedades medicinais são Ruta chalepensis, Pistacia lentiscus, Hedera maderensis subsp. iberica e Hypericum perforatum. Algumas das plantas incluídas neste estudo são muito tóxicas, como é o caso da urtiga-morta e do trovisco, e algumas em caso de ingestão excessiva podem causar a morte, como a hera e o morrião.

The District of Aveiro has a privileged position in Portugal. This is due to its geomorphologic characteristics, because it includes both littoral areas with plain relieves and interior areas with higher altitudes, hydrographic, because the Vouga river basin and Ria de Aveiro are part of it, and climacteric, since it benefits of a mild climate and suitable to the development of floristic biodiversity. The herbaria are vast botanical collections that hold uge amounts of information and as such difficult to manage. In the specific case of the University of Aveiro’s Herbarium (AVE), it consists of about 13000 original specimens. Aiming to contribute to the knowledge of the Aveiro District’s flora, specimens held in the AVE herbarium, belonging to the families Euphorbiaceae to Asclepiadaceae, according to the Nova Flora de Portugal (Franco, 1971), were databased with the help of the BRAHMS software. Later on, the analysis of the obtained data was performed and the taxonomic, biological and chorological spectra of the specimens collected in the Aveiro District was studied. In this analysis the 678 databased specimens, corresponding to 153 taxa, where taken in consideration. The family Umbelliferae, with 22.6% of specimens, was the most abundant. The most represented life forms where the Hemicryptophytes (37.8%) folllowed by the Phanerophytes (28,4%) and by the Terophytes (16,2%). These results, althoug pointing towards an Mediterranean to Temperate intermediate climate, might not reflect integrally the environmental characteristics of the District, once the Flora wasn't totally studied. From the analysis of the corologic spectra the Mediterranean corologic unit has resulted the most represented, with 50.0%. Currently the negative effects caused by synthetic drugs, is a subject with increasing relevance, that leads to a growing concern. Thus, a further research was conducted to know to which of the plants of the District of Aveiro are atributed medicinal properties and what are their benefits and adverse effects in human health. Among the 34 studied families 64,7% had at least one medicinal species, being the Umbelliferae the family that contains a greater percentage (30.61%) of such plants. As for the medicinal properties, those that are predominant, among the plants studied, are the antioxidant and diuretic activities. Species that have more medicinal properties are Ruta chalepensis, Pistacia lentiscus, Hedera maderensis subsp. iberica and Hypericum perforatum. Some of the plants included in this study are toxic such as dead-nettle and trovisco and some, in case of excessive ingestion, can cause death, like ivy and morion.
description: Mestrado em Biologia Aplicada - Microbiologia Clínica e Ambiental
URI: http://hdl.handle.net/10773/7941
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado
Ria - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
5149.pdf6.42 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2