DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Dissertações de mestrado >
 Seasonal variation in foraging habitat preferences in Lesser Kestrel Falco naumanni
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/720

title: Seasonal variation in foraging habitat preferences in Lesser Kestrel Falco naumanni
authors: Ribeiro, Emanuel Ferreira
advisors: Luís, António Manuel da Silva
keywords: Ecologia
Aves
Espécies ameaçadas
issue date: 2007
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Conhecer as preferências de habitat de uma espécie é crucial para a definição e implementação de medidas com objectivos de conservação. Neste estudo analisamos a preferência de habitat de caça de uma espécie ameaçada, e a maneira como estas preferências se alteram ao longo da época de reprodução. A disponibilidade de cada tipo de habitat varia consoante as actividades agrícolas, como sementeiras, aragem ou ceifas. Os resultados evidenciam que esta espécie selecciona diferentes tipos de habitat de acordo em cada fase do ciclo reprodutor. No início da época de reprodução, a espécie, prefere caçar em terrenos arados enquanto que no final prefere campos de cereais já ceifados nesta fase, e onde apenas há restolhos. As diferenças observadas não seriam detectadas caso não se considerassem as alterações de habitat inerentes às actividades agrícolas. Os Francelhos preferem caçar em habitats com vegetação baixa e pouco densa provavelmente devido à maior disponibilidade de presas neste tipo de habitats. Machos e fêmeas não apresentam diferenças significativas em parâmetros de caça como a taxa de êxito ou o tempo de caça necessário para capturar uma presa. A taxa de êxito foi mais elevada em restolhos e no período incubação e mais baixa em terrenos arados e durante o período de pré-incubação. As aves despendem menos tempo para efectuar um primeiro ataque em cereal e do que em plantações de algodão. Em plantações de cereais é necessário menos tempo para capturar uma presa enquanto que nos algodoais é necessário um maior esforço de caça. O número de ataques por minuto de observação não é significativamente diferente entre biótopos.

Knowing the habitat preference of a species is of crucial importance in order to sketch measures with conservational purposes. In this study we analyse the foraging habitat preferences of a threatened species and how they change through the breeding season. Habitat availability varies due to changes in agricultural activities such as ploughing, sowing, or harvesting. Our results evidence that this species select different habitat types according to breeding season stage. In the beginning of the season prefer to forage in ploughed fields while during chick rearing and post-fledging prefer cotton fields and cereal stubbles. Thus changes in agricultural activities must be considered in habitat selection studies. Lesser kestrels prefer to forage in low height and sparse cover, probably because of higher prey availability in this kind of habitats. Males and females don’t show significant differences in several hunting parameters. Success rate was higher in cereal stubble and during incubation and lower in ploughed fields and in the pre-incubation period. Lesser kestrels take less time to make a strike in cereal stubble and more in cotton plantations. In cereals prey capture takes less time while in cotton takes more hunting effort. The number of strikes per minute of observation didn’t varied significantly between habitats.
URI: http://hdl.handle.net/10773/720
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2008001158.pdf279.22 kBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2