DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Análise funcional de processos mnésicos e atencionais e sua interacção
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/6842

title: Análise funcional de processos mnésicos e atencionais e sua interacção
authors: Pires, Luísa Maria da Silva
advisors: Pandeirada, Josefa das Neves Simões
Soares, Sandra Cristina de Oliveira
keywords: Psicologia cognitiva
Processos cognitivos
Memória
Atenção
issue date: 2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O presente estudo teve como principais objectivos replicar com crianças, o efeito típico de sobrevivência; avaliar se presença de distractores (evolutivamente relevantes, ou não) afecta os resultados obtidos para a tarefa de busca visual; avaliar a interacção entre a tarefa de processamento e o desempenho na tarefa de busca visual; e por último, verificar se os resultados nas duas tarefas são influenciados pelo nível de ansiedade/ medo subjectivos relatados pelos participantes. Para tal quarenta crianças, foram sujeitas à realização de uma tarefa de memória e uma tarefa de busca visual. Os resultados demonstraram que o processamento de informação em termos da sua relevância para a condição de sobrevivência, conduziu a um maior número de palavras recordadas do que para a condição de mudança de casa. Na tarefa de busca visual, os resultados demonstraram que os tempos de resposta dos participantes foram menores nas situações em que o alvo estava presente, em que estavam perante uma matriz de quatro itens e, em que não existiam distractores. Além disso, a presença do distractor “cogumelo” na ausência do alvo numa matriz de pequenas dimensões conduziu a um maior tempo de resposta dos participantes, em ambas as condições. Os participantes com baixos valores de ansiedade/ medo foram mais rápidos a responder á tarefa de busca visual, do que os com elevados valores de ansiedade. Relativamente às respostas correctas, os resultados demonstraram que o nível de performance de respostas correctas dos participantes foi muito próximo do perfeito. Quanto à interacção entre a tarefa de processamento e a tarefa de busca visual, verificou-se que o facto de os participantes realizarem a tarefa de processamento de sobrevivência antes da tarefa de busca visual não teve qualquer efeito sobre os seus tempos de resposta. Do mesmo modo, verificou-se que tanto na presença como na ausência do alvo, os participantes foram mais rápidos a responder perante uma matriz de quatro itens do que perante uma de oito itens. Verificou-se ainda que, para ambas as condições, os participantes com baixos valores de ansiedade/ medo foram mais rápidos a responder do que os participantes com elevados valores de ansiedade/ medo.

This study had as main objective to replicate with children, the typical survival effect; assess whether the presence of distracters (evolutionarily relevant or not) affects the results for the visual search task, evaluate the interaction of processing task and the performance on visual search task; and finally, check if the results in both tasks are influenced by the level of subjective anxiety/fear reported by participants. Forty children were subjected to a memory task and a visual search one. The results showed that the processing of information in terms of its relevance to the survival condition led to a greater number of recalled words than for the moving house condition. In the visual search task, the results showed that paticipant’s response times were lower in situations where the target was present, facing an array of four items and without distracters. The presence of the target in the four items array with distracter led to response times much lower than with the absence of a distracter. Moreover, the presence of distracter “mushroom” in the absence of the target in a matrix of small led to a longer response time of participants in both conditions. Participants with low levels of anxiety/fear were quicker in the visual search task than those with higher levels of anxiety. In what concerns to the correct answers, the results showed that the participant’s performance was very close to perfect. About the interaction between the processing and the visual search task, it was found that performing the processing task before the visual search task had no effect on response times. Similarly, it was found that both the presence and absence of the target, participants were faster to respond before an array of four items that against one of eight items. It was also found that for both conditions, participants with low levels of anxiety/ fear were faster to respond than participants with high levels of anxiety/ fear.
description: Mestrado em Psicologia Forense
URI: http://hdl.handle.net/10773/6842
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
Dissertação_Analise funcional de processos mnesicos e atencionais e sua interacção.pdf585.42 kBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2