DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Ambiente e Ordenamento > DAO - Dissertações de mestrado >
 Emissões atmosféricas de embarcações em águas territoriais portuguesas
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/648

title: Emissões atmosféricas de embarcações em águas territoriais portuguesas
authors: Costa, Ricardo André Tavares da
advisors: Miranda, Ana Isabel
keywords: Engenharia do ambiente
Poluição do ar
Emissões atmosféricas
Tráfego marítimo
Águas jurisdicionais
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Foram estimadas emissões para diferentes poluentes atmosféricos, associadas à actividade das embarcações em Águas Territoriais Portuguesas e em cada uma das suas subáreas, para os anos de 2006 e 2007. A actividade hidroviária, compreende duas componentes: o tráfego hidroviário que abastece ou efectua paragem em portos de Portugal e o tráfego hidroviário que cruza as Águas Territoriais Portuguesas sem paragem. As emissões atmosféricas do tráfego hidroviário que abastece ou efectua paragem em portos de Portugal, foram obtidas através da aplicação dos níveis metodológicos Tier 1 e Tier 3 e as emissões atmosféricas do tráfego hidroviário que cruza as Águas Territoriais Portuguesas sem paragem, foram obtidas através da aplicação do nível metodológico Tier 2. Adicionalmente, estimaramse as emissões atmosféricas para embarcações individuais. De um modo geral, verificou-se um aumento das emissões de poluentes atmosféricos, associadas às embarcações em actividade hidroviária nas Águas Territoriais Portuguesas, de 2006 para 2007. Os resultados apontam também para uma maior quantidade de poluentes emitida para a atmosfera na subárea de Portugal Continental, seguida dos Açores e por fim da Madeira, em 2006 e em 2007. Seleccionaram-se para comparação com outras estimativas, os gases com efeito estufa (dióxido de carbono e metano) emitidos pela actividade hidroviária em Águas Territoriais Portuguesas, por apresentarem uma ordem de magnitude relativamente elevada. A quantidade de gases com efeito estufa emitida, corresponde a cerca de 2,5% das emissões atmosféricas de gases com efeito estufa relativas ao tráfego marítimo global, a cerca de 3% das emissões atmosféricas de gases com efeito estufa relativas ao tráfego marítimo internacional, corresponde a cerca de 32% dos totais de gases com efeito estufa emitidos a nível de Portugal, são cerca de 1,4 vezes mais elevadas do que a totalidade de gases com efeito estufa do transporte rodoviário em Portugal e são cerca de 14 vezes mais elevadas do que as emissões atmosféricas de gases com efeito estufa relativas ao tráfego hidroviário que abastece ou efectua paragem em portos de Portugal, em 2006 e em 2007. Ainda relativamente aos resultados obtidos, seleccionou-se a matéria particulada, emitida pela actividade hidroviária em Águas Territoriais Portuguesas, para distribuição espacial, essencialmente pelas dificuldades de cumprimento que Portugal tem apresentado, em termos de totais nacionais, do valor limite de emissão. ABSTRACT: Different atmospheric pollutants emissions, from waterborne vessels activity in Portuguese Territorial Waters and each of its subareas, were estimated for the years of 2006 and 2007. Waterborne vessels activity comprehends two components. The atmospheric emissions from waterborne traffic that call Portuguese ports were obtained through the application of Tier 1 and Tier 3 methodological levels and the atmospheric emissions from waterborne traffic that cross Portuguese Territorial Waters without calling any Portuguese ports were obtained through the application of Tier 2. Additionally, atmospheric emissions were estimated for individual vessels. Generally, one can verify the enhancement of atmospheric pollutants emissions, related to the waterborne vessels activity in Portuguese Territorial Waters, from 2006 to 2007. The results also stress that a larger quantity was emitted to the atmosphere in the Continental subarea of the Portuguese Territorial Waters, followed by the subarea of Azores and the subarea of Madeira, for 2006 and 2007. In order to compare the results obtained with other estimations, the greenhouse gases (carbon dioxide and methane), emitted by waterborne vessels activity in Portuguese Territorial Waters, were selected, because of the relatively high order of magnitude. The quantity of greenhouse gases emitted to the atmosphere, correspond to about 2.5% of the atmospheric emissions of greenhouse gases from global maritime traffic, about 3% of the atmospheric emissions of greenhouse gases from international maritime traffic, approximately 32% of the total greenhouse gases emitted in Portugal, correspond to approximately 1.4 times higher emissions than the total of greenhouse gases emitted by road transportation in Portugal and correspond to approximately 14 times higher emissions than the total of greenhouse gases emitted by waterborne traffic that call Portuguese ports, in 2006 or 2007. Particulate Matter, emitted by the waterborne vessels activity in Portuguese Territorial Waters, was selected for spatial distribution, essentially because of the compliance difficulties that Portugal is having, in terms of national totals, with the emission limit value.
description: Mestrado em Engenharia do Ambiente
URI: http://hdl.handle.net/10773/648
appears in collectionsDAO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado
PT Mar - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2010000239.pdf12.61 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2