DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Engenharia Civil > CIVIL - Artigos >
 Benefícios económicos e ambientais inerentes ao uso de materiais estruturais naturais em habitações unifamiliares
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/6385

title: Benefícios económicos e ambientais inerentes ao uso de materiais estruturais naturais em habitações unifamiliares
other titles: Economical and environmental benefits related to the use of natural materials in single-family house-buildings
authors: Murta, A.
Varum, H.
Pinto, J.
Bentes, I.
Paiva, A.
Ramos, L.
keywords: Materiais e técnicas de construção
BTC
Energia incorporada
Emissão de CO2
Avaliação de sustentabilidade na construção
issue date: 2010
abstract: Em Portugal, a indústria de construção habitacional tem recorrido essencialmente às estruturas de betão armado e de alvenaria de tijolo cerâmico. As estruturas metálicas, de madeira e de alvenaria de pedra têm tido expressão reduzida nesse setor da construção, e são muito pontuais as aplicações da terra crua como solução construtiva. Nesse contexto, pretende-se estudar soluções construtivas mais sustentáveis, recorrendo a materiais de construção naturais. Para o efeito, foram estudadas para uma habitação unifamiliar com tipologia típica três soluções estruturais: estrutura porticada de betão armado e lajes aligeiradas pré-fabricadas; solução estrutural à base de materiais naturais; e solução que contempla a reutilização de madeira proveniente de demolições habitacionais. As soluções estruturais com recurso a materiais naturais estudadas são definidas por paredes resistentes de bloco de terra comprimida (BTC) e estrutura de madeira nos pavimentos e cobertura. Essas soluções estruturais são comparadas em termos de custo, gastos energéticos e teor de emissão de CO2 associados à construção. Verificou-se que as soluções mais sustentáveis são muito mais vantajosas no que diz respeito a esses três aspectos.

In Portugal, the house building industry has mostly adopted reinforced concrete framed structures and clay brick-wall. The use of other structural materials, such as steel, timber, and stone-wall is still rather limited in this sector. Moreover, the use of earth-based construction techniques and solutions still remains limited to individual cases. Within this context, this paper describes an investigation on sustainable structural solutions for a typical single family house using natural materials. Three different structural solutions were compared, namely a reinforced concrete frame solution, a solution based on CEB (compressed raw earth blocks) masonry and timber structures for floors and roof, and a solution based on reusable materials, such as timber originated from the demolition of buildings. These alternative structural solutions were compared in terms of building costs, energy consumption and CO2 emissions. The study confirmed that the sustainable solutions had most advantages, particularly with regards to the environment.
URI: http://hdl.handle.net/10773/6385
ISSN: 1678-8621
publisher version/DOI: http://seer.ufrgs.br/ambienteconstruido/article/view/12111/9714
source: Ambiente Construído
appears in collectionsCIVIL - Artigos

files in this item

file description sizeformat
E_021.pdf1.19 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2