DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Teses de doutoramento >
 Applying the motivation-hygiene theory as a means of measuring learner satisfaction with blended learning courses in higher education
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/4724

title: Applying the motivation-hygiene theory as a means of measuring learner satisfaction with blended learning courses in higher education
other titles: A aplicação da teoria da motivação-higiene como meio de medida da satisfação dos alunos em cursos de B-Learning no ensino superior
authors: Wilson, James Martin
advisors: Moreira, António Augusto de Freitas Gonçalves
keywords: Ensino superior
Cursos de pós-graduação
Avaliação da qualidade
Avaliação da educação
Ensino multimédia
B-learning
issue date: 2010
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: This study describes research on a postgraduate blended learning programme within the Department of Education at the University of Aveiro in Portugal. It is based on a multi-philosophical paradigm and examines students‟ satisfaction levels through the application of Herzberg‟s Motivation and Hygiene Theory. The main question being addressed in this research is: “Can the Motivation and Hygiene Theory be adopted as a means to measure student satisfaction with their blended learning environment?” Embedded within this research question are four fundamental questions which set the scene for the development of this research study and are explored in greater detail in Chapters 4 and 5 respectively: 1. What are the factors responsible for bringing about learning satisfaction with their b-Learning course? 2. What are the factors responsible for bringing about learning dissatisfaction with their b-Learning course? 3. Can these factors be represented as Motivation and Hygiene factors? 4. Will this method of measuring learning satisfaction lead to a set of guidelines that could be considered as a framework for the development of b-Learning courses? The results indicate that the Motivation and Hygiene Theory or an adapted version such as the Enricher and Enabler Theory proposed in this study could be considered as a plausible means of analysing an institution‟s b-Learning processes. The opportunity to carry out future research is evident and can be varied depending on the research objectives in mind. Examples where further exploration would be beneficial lay within the application of this theory to the wider sector; the use of larger samples, focusing on the teachers, as well as the learners and the application of Web 2.0 technologies as means of gathering information. The results of this research will be of great significance to those areas of education that are interested in locating quick and efficient means by which to evaluate their b-Learning and to no lesser extent e-Learning environments.

A presente tese descreve um estudo sobre um programa pós-graduado em blended learning no Departamento de Educação da Universidade de Aveiro, Portugal. Fundamenta-se num paradigma multi-filosófico e examina os níveis de satisfação dos alunos através da aplicação da Teoria de Motivação e Higiene de Herzberg. A principal questão em escrutínio nesta investigação é: “Pode a Teoria de Motivação e Higiene ser adoptada como um meio de medir a satisfação dos alunos relativamente ao seu ambiente de blended learning?” Embebidas nesta questão de investigação encontram-se quatro questões fundamentais que estabelecem o cenário para o desenvolvimento deste estudo e que são exploradas em maior detalhe nos capítulos 4 e 5, respectivamente: 1. Quais são os factores responsáveis pela promoção da satisfação dos alunos relativamente ao seu curso em b-Learning? 2. Quais são os factores responsáveis pela promoção da insatisfação dos alunos relativamente ao seu curso em b-Learning? 3. Podem estes factores ser representados enquanto factores de Motivação e Higiene? 4. Conduzirá este método de mensuração da satisfação dos alunos a um conjunto de orientações que possam ser tidas como um enquadramento para o desenvolvimento de cursos em b-Learning? Os resultados indicam que a Teoria de Motivação e Higiene – ou uma versão adaptada como a Teoria de Enriquecimento e Capacitação proposta neste estudo – poderia ser considerada enquanto meio plausível de analisar os processos de b-Learning de uma instituição. A oportunidade de conduzir investigação futura é evidente e pode ser variada, dependendo dos objectivos de investigação em mente. Exemplos onde uma futura exploração seria benéfica residem na aplicação desta teoria ao sector mais lato da educação; o recurso a amostras mais vastas, com enfoque nos professores bem como nos alunos e na aplicação de tecnologias Web 2.0 como meio de coligir informação. Os resultados deste estudo serão de grande sigificado para aquelas áreas da educação interessadas em idenficar meios rápidos e eficazes pelos quais avaliar as suas ofertas de b-Learning bem como os seus ambientes de b-Learning.
description: Doutoramento em Didáctica
URI: http://hdl.handle.net/10773/4724
appears in collectionsUA - Teses de doutoramento
DE - Teses de doutoramento

files in this item

file description sizeformat
File 2_PhD Theses [James M. Wilson].pdf3.41 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2