DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Ciências Sociais, Políticas e do Território > CSPT - Dissertações de mestrado >
 Utopia, ciência e comunicação: o contributo para o jornalismo
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3804

title: Utopia, ciência e comunicação: o contributo para o jornalismo
authors: Ribeiro, Filipa Susana Martins
advisors: Vieira, Fátima
Gil, Víctor
keywords: Comunicação da informação
Informação científica e técnica
Divulgação científica
Jornalismo científico
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O quê? Quando? Onde? Quem? Como? Porquê? Estas são as perguntas básicas a que o jornalismo tem tentado, desde sempre, responder. Contudo, se partirmos do princípio de que o jornalismo de ciência é uma forma de conhecimento, torna-se evidente a necessidade de reforçar as perguntas «como?», «porquê?» e «para quê?». Isto significará que o objectivo final do exercício do jornalismo de ciência é o conhecimento, existindo, pois, uma íntima relação entre comunicação, conhecimento e emoção. Proponho uma abordagem do processo de comunicação que passa também por conhecer, conter e organizar de uma forma emocionante, comovente e comovedora, isto é, proponho uma comunicação de ciência que seja “emoção em movimento”. Tento ainda compreender a natureza da relação que vincula criatividade e utopia, sugerindo que esta é uma relação de influência intimamente correlacionada com o percurso emoção – conhecimento – acção. Por outro lado, exploro as formas de alcançar conhecimento novo através da comunicação, em que a utopia surge como força de motivação para esse conhecimento novo e para a mudança. Por fim, apresento a comunicação como forma de aperfeiçoamento espiritual. Nesse sentido, recorrerei a uma outra dimensão que acredito estar contida no conceito de utopia: a utopia como o lugar do desafio, superando mesmo a ética tradicional por não se limitar à relação entre o ser e o dever ser, mas também entre o ser consigo próprio e o outro.

What? When? Where? Who? How? Why? These are basic questions that journalism has always tried respond. However, if we assume that science journalism is a form of knowledge, it becomes evident the need to strengthen the questions "how?", "Why?" And "why?". This will mean that the ultimate aim of the exercise of science journalism is knowledge. Therefore, there is a close relationship between communication, knowledge and emotion. I propose an approach to this process, presenting science communication as a process of "emotion in motion." It is also demonstrated the nature of the relationship that links creativity and utopia, suggesting that this is a relationship of influence closely correlated to the path that goes through emotion - knowledge - action. Furthermore, I explore the ways to achieve new knowledge through communication and I propose a notion of utopia as a motivating force for this new knowledge and change. Finally, I present the communication as a mean of spiritual improvement. In this sense, it is use another dimension which I believe is contained in the concept of utopia: utopia as a place of challenge, surpassing even the traditional ethics. This work also introduces what could be construed as a new paradigm of science - the contemporary science - as a result of the contribution of utopia (in its operational dimension and not as a cause for a defined purpose) to science. The relationship between utopia and science is further analyzed using a questionnaire survey to the international scientific community, portraits and interviews with scientists and science journalists.
description: Mestrado em Comunicação e Educação em Ciência
URI: http://hdl.handle.net/10773/3804
appears in collectionsCSPT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
4991.pdf1.44 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2