DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Comunicação e Arte > DECA - Teses de doutoramento >
 A ilustração enquanto processo e pensamento: autoria e interpretação
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3617

title: A ilustração enquanto processo e pensamento: autoria e interpretação
authors: Quental, Joana Maria Ferreira Pacheco
advisors: Pombo, Maria de Fátima Teixeira
Nunes, Pintor António Modesto da Conceição
keywords: Design
Comunicação visual
Ilustração - História
Iluminuras
issue date: 28-Jul-2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: A ilustração como expressão, cumprindo o desígnio de comunicar visualmente, é reveladora de um modo específico de processo e pensamento. E pelo facto desse modo se constituir a partir do sentido implícito (do que não é dito), exigindo para se manifestar a participação cognitiva e afectiva do ilustrador, revela marcas de subjectividade e de poética portadoras de soluções narrativas, gráficas e plásticas originais. Essa transmutação entre as linguagens verbal e visual está impregnada de experiências, memórias e conhecimento; de tudo aquilo, enfim, que pelo corpo é percebido e sentido. Por isso se entende que configura, necessariamente, algo novo, já que não existem dois seres organicamente iguais. Tem-se como objectivo desta tese, reflectir sobre a ilustração ficcional enquanto construção de um autor na interpretação do texto de um outro, querendo, deste modo, contribuir para a afirmação do que é hoje a ilustração. Pretende-se, neste percurso, compreender os desígnios que cumpre a ilustração na actualidade e explicar o seu protagonismo no contexto presente do design de comunicação; quer-se ainda evidenciar que a prática da ilustração contamina ou influencia a prática do projecto de design; e que, por seu lado, a prática do projecto de design confere um entendimento distinto à prática da ilustração. As ilustrações que serão aqui objecto de estudo, são aquelas que manifestam um processo em cuja génese está a interpretação e o sentido que o seu autor atribui ao programa, e que se identificam, por isso, como próximas do projecto de design. O trabalho prático desenvolve-se pela selecção de autores que correspondem a esses pressupostos, pela sua entrevista e pela apresentação de projectos da sua autoria que justificam e reforçam a perspectiva teórica. Do confronto entre as respostas e os artefactos produzidos, conclui-se que a ilustração é, na singularidade do seu pensamento e enquanto recurso expressivo, configuradora de inovação semântica para o projecto de design de comunicação.

As a form of expression and in fulfilling the purpose of communicating visually, illustration is indicative of a specific mode of thought and process. And because this mode is constructed from implicit meaning (of what is not said), requiring the cognitive and affective involvement of the illustrator, it bears marks of subjectivity and poetics that hold original narrative, graphic and artistic solutions. This transmutation between verbal and visual language is impregnated with experiences, memories and knowledge; of everything, in short, that the body feels and perceives. Therefore we suppose that illustration necessarily configures something new, since two organically identical beings do not exist. The main aim of this thesis is to reflect on fictional illustration as the construction of an author in the interpretation of text, trying thus to contribute to the definition of what illustration now is. Using this approach, we intend to understand the purpose of illustration at present and to explain its role in this context of communication design; we also want to show that the practice of illustration shapes and influences the design project in practice, and in turn, the design project gives a distinct understanding to the practice of illustration. The illustrations that will be the subject of study are those that express a process in which origin is the interpretation and the meaning that the author attributes to the brief, and which we identify, therefore, as being close to the design project. The practical component is developed by the selection and analysis of a case study of illustration that underlies and reinforces the theoretical perspective, and by interviews of the projects authors. The comparison between these responses and the analysis of media, suggests that illustration is as expressive feature, able to configure semantic innovation for the communication design project.
description: Doutoramento em Design
URI: http://hdl.handle.net/10773/3617
appears in collectionsDECA - Teses de doutoramento
UA - Teses de doutoramento

files in this item

file description sizeformat
4526A.pdf9.12 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2