DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Secção Autónoma de Ciências da Saúde > CS - Teses de doutoramento >
 Voz e emoção em português europeu
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3316

title: Voz e emoção em português europeu
authors: Nunes, Ana Margarida Belém
advisors: Teixeira, António Joaquim da Silva
Coimbra, Rosa Lídia
keywords: Ciências da saúde
Voz
Emoções
Língua portuguesa
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: No trabalho apresentado realiza-se uma primeira descrição de voz e emoção para o Português Europeu. Estudamos, utilizando como base estudos realizados em diversas línguas (finlandês; inglês; alemão), os parâmetros relacionados com voz e que variam consoante a emoção que expressamos. Analisamos assim os parâmetros relacionados com a frequência Fundamental (F0) com a perturbação (jitter) com a amplitude (shimmer) e com aspectos relacionados com o ruído (HNR). Trata-se de um estudo abrangente que estudando voz e a sua relação/variação de acordo com a emoção o faz em três vertentes: patologia de voz de origem psicogénica (carácter emocional); emoção produzida por actores e a análise de emoção espontânea. Conseguindo, como trabalho pioneiro nesta área, valores para todos estes tipos de produção. Salientamos o facto de no nosso trabalho apenas existir a análise de voz sem recurso a expressão facial ou à postura dos indivíduos. Para que pudéssemos realizar estudos comparativos com os dados que íamos recolhendo em cada corpus (patologia; emoção por actor e emoção espontânea), procurámos utilizar sempre os mesmos métodos de análise (Praat; SFS; SPSS, Hoarseness Diagram – para a análise de voz com patologia - e o sistema Feeltrace - para as emoções espontâneas). Os estudos e análises relativos à emoção produzida por actores são complementados por testes de percepção aplicados a falantes nativos de Inglês Americano e a falantes de Português Europeu. Este teste, juntamente com a análise da emoção espontânea, permitiu-nos retirar dados particulares relativos à língua portuguesa. Apesar de haver tanto na expressão como na percepção de emoções muitas características consideradas universais, em Português percebe-se algo de peculiar. Os valores para a expressão neutra; tristeza e alegria são todos muito próximos, ao contrário do que acontece noutras línguas. Além disso estas três emoções (de famílias distintas) são as que mais dificuldades causam (aos dois grupos de informantes) em termos de distinção no teste de percepção. Poderá ser esta a particularidade da expressão da emoção no Português Europeu, podendo estar ligada a factores culturais. Percebe-se ainda, com este trabalho, que a emoção expressa pelo actor se aproxima da emoção espontânea. No entanto, alguns parâmetros apresentam valores diferentes, isto porque o actor tem a tendência de exagerar a emoção. Com este trabalho foram criados corpora originais que serão um recurso importante a disponibilizar para futuras análises numa área que é ainda deficitária, em termos de investigação científica, em Portugal. Tanto os corpora, como respectivos resultados obtidos poderão vir a ser úteis em áreas como as Ciências da Fala; Robótica e Docência.

This research is a first description of voice and emotion for European Portuguese. Based on studies for several languages (Finish, English, German), we studied voice related parameters varying according to the emotion expressed. The analysed parameters are related to F0, jitter, shimmer and Harmonic Noise Ratio (HNR). This is an all-embracing study that approaches voice and its relation/variation according to emotion. Three sources are considered: psychogenic voice pathology; emotion produced by actors; and spontaneous emotion analyses. Being a trailblazing research in this area, values were measured for all three types of production. We highlight the fact that our work only considers voice analysis without considering facial expression and body posture. In order to make comparative studies with the data collected for each corpus (pathology, acted emotion and spontaneous emotion), we used the same analysis methods (Praat, SFS, SPSS, and Hoarseness Diagram - for pathological voice analysis; and Feeltrace system - for the spontaneous emotions). Studies and analyses related to acted emotion are complemented by perceptual tests with American English and European Portuguese speakers. Theses tests, as well as spontaneous emotion analysis, allowed the extraction of data for Portuguese. Both emotion expression and perception have many universal characteristics. However, Portuguese language proved to have some particularities. Values obtained for neutral expression, sadness, and joy are very close, contrary to what happens in other languages. Moreover, these three emotions (from distinct families) are those that present the most difficulty (to both informant groups) in the distinction perceptual tests. This is probably the main particularity in emotion expression as far as Portuguese is concerned, maybe due to cultural factors. This research also shows that acted emotion is close to spontaneous emotion expression. However, some parameters present different values, because the actor tends to somewhat exaggerate the emotion. This work led to the creation of original corpora that can be an important resource for future analyses in an area still in deficit in terms of scientific research in Portugal. Both corpora and the obtained results may be useful in areas such as Speech Science, Robotics, and Education.
description: Doutoramento em Ciências e Tecnologias da Saúde
URI: http://hdl.handle.net/10773/3316
appears in collectionsUA - Teses de doutoramento
CS - Teses de doutoramento

files in this item

file sizeformat
2009001103.pdf2.76 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2