DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Línguas e Culturas > DLC - Teses de doutoramento >
 Imagens de portugueses na literatura norte-americana
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/2863

title: Imagens de portugueses na literatura norte-americana
authors: Silva, Reinaldo Francisco da
advisors: Barker, Anthony David
Pires, Maria Teresa de Salter Cid Gonçalves Rocha
keywords: Literatura norte-americana
Emigrantes
issue date: 2005
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Tendo como referência as teorias pós-coloniais e os estudos sobre a etnicidade, o presente trabalho propõe-se analisar alguns textos norteamericanos publicados entre meados do século XIX e meados do século XX contendo personagens portuguesas, estudando as relações entre a cultura dominante e as culturas das minorias. Analisa, também, os estereótipos raciais, étnicos, religiosos, económicos e culturais que os escritores norte-americanos de ascendência predominantemente anglosaxónica criaram alusivos aos portugueses. Quer os escritores canónicos, quer os não-canónicos, retrataram os portugueses de uma forma preconceituosa. Este modo de olhar o mundo está patente nos textos produzidos, quer nas regiões onde esta minoria étnica tradicionalmente se instalou nos Estados Unidos da América, quer nos textos alusivos às mesmas, a saber: na Nova Inglaterra, na Califórnia e no Havai. Na análise destas representações com um certo cariz racista – despoletadas, em parte, pelas correntes do Darwinismo social – este estudo também questiona a veracidade dos estereótipos referentes à violência, à permissividade sexual, à sujidade, ao alcoolismo, ao tráfico de bebidas alcoólicas e do ópio, assim como a estupidez, estereótipos, por vezes, atribuídos aos portugueses por estes escritores norteamericanos. Estas representações corrosivas e de carácter questionável são, contudo, rejeitadas por um grupo emergente de escritores lusoamericanos, na medida em que os seus textos literários reflectem uma preocupação com questões tais como o significado da pertença a uma cultura minoritária no seio duma cultura dominante. Ao tentarem facultar uma análise objectiva e credível quanto à localização dos portugueses no âmago da cultura norte-americana, estes escritores luso-americanos – e não os anglo-saxónicos – estão efectivamente melhor apetrechados para estabelecer a ligação entre as culturas portuguesa e norte-americana. Para além da análise do impacto da emigração portuguesa para os Estados Unidos da América, este estudo também oferece algumas pistas para uma melhor compreensão da recepção e acolhimento dos emigrantes portugueses assim como para a análise da transmissão e subsequente transformação da cultura portuguesa nos Estados Unidos da América.

Based on postcolonial and ethnic studies theories of the relations between minority and majority cultures, this study focuses on American writings with Portuguese fictional characters, all of which written between the middle of the nineteenth century and the middle of the twentieth century. It analyzes the racial, ethnic, religious, economic, and cultural assumptions and biases that American writers of a predominantly Anglo- Saxon background have expressed towards the Portuguese. Both canonical and non-canonical American voices have taken a prejudicial look at the Portuguese, and this is reflected in the texts produced in or about the geographical locations where this ethnic minority has traditionally settled in the United States: New England, California, and Hawaii. In its exploration of the racially-charged snapshots prompted by social Darwinism, this study also questions the validity of the stereotypes pointing to violence, sexual license, filth, drunkenness, bootlegging, opium trafficking, and stupidity often attributed to the Portuguese by American writers of Anglo-Saxon descent. Such corrosive misrepresentations, however, are rejected by an emerging group of Portuguese American voices whose writings display a concern for matters such as what it means to belong to a minority culture within the context of a dominant one. These Portuguese American writers offer an unbiased and reliable discussion of the location of the Portuguese within American culture, and they, not the Anglo writers, are likelier effectively to establish the bridge between Portuguese and American culture. In addition, this study analyzes the impact of Portuguese immigration on America while providing an understanding of how Portuguese immigrants were received and how Portuguese culture was transmitted to and transformed in America.
URI: http://hdl.handle.net/10773/2863
appears in collectionsUA - Teses de doutoramento
DLC - Teses de doutoramento

files in this item

file sizeformat
2005001708.pdf906.28 kBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2