DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Geociências > GEO - Dissertações de mestrado >
 Geologia, morfologia e vegetação na Serra da Estrela : aplicações didácticas
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/2693

title: Geologia, morfologia e vegetação na Serra da Estrela : aplicações didácticas
authors: Martins, Elisabete Clara Moreira
advisors: Martins, Maria Estela Rodrigues
Silveira, Paulo Cardoso
keywords: Ensino das ciências da terra
Geomorfologia
Geologia glaciar
Educação ambiental
Estudos de campo
issue date: 2006
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: A Serra da Estrela, com o ponto mais elevado de Portugal Continental, constitui um local único no país para o estudo in situ de aspectos geomorfológicos de origem glaciária em bom estado de conservação, contrastando claramente com os traços da morfologia granítica das áreas não afectadas pelos glaciares. Do ponto de vista litológico, esta região é formada por rochas graníticas hercínicas que intruem os metassedimentos do Complexo Xisto-Grauváquico Ante-Ordovícico. A topografia geral do maciço, nomeadamente as vertentes escarpadas que limitam plataformas escalonadas a vários níveis, dominando as depressões aplanadas da plataforma do Mondego e da Cova da Beira, denuncia a sua origem tectónica. A diversidade da vegetação que aqui se encontra reveste-se, igualmente, de particular interesse, não só pelos endemismos hermínicos e ibéricos, mas também pelo facto de constituir um dos locais do país onde é possível encontrar espécies adaptadas à neve e ao gelo. A altitude do maciço da Estrela, aliada às condições climatológicas, edáficas e de exposição solar, condiciona a distribuição da vegetação, sendo possível a delimitação, mais ou menos nítida, de uma zonação da vegetação. O facto de grande parte do maciço se encontrar dentro dos limites do Parque Natural, a existência da Reserva Biogenética que abrange as áreas mais elevadas, e a recente inclusão da área do Parque Natural na Rede Natura 2000 atribuem um valor especial à Serra da Estrela no âmbito da educação ambiental. A boa localização geográfica e a boa acessibilidade são outros factores que tornam a Serra da Estrela uma área de grande interesse didáctico para a realização de actividades de campo. Este trabalho pretende apresentar-se como uma ferramenta de orientação dos docentes que leccionam a disciplina de Ciências Naturais do terceiro ciclo do ensino básico, mormente ao nível do 8ºano, e que queiram implementar Trabalho de Campo, visando integrar conteúdos da “Dinâmica externa da Terra” e dos “Ecossistemas”, numa perspectiva de sensibilização dos alunos para o património natural/ambiental. Assim, depois da apresentação geral desta investigação, os seus objectivos e metodologia adoptada, segue-se o capítulo II, dedicado à caracterização da região da Serra da Estrela no que respeita à geologia, morfologia, pedologia, climatologia, vegetação, sua distribuição e influência da ocupação humana na sua evolução, destacando os diferentes investigadores que contribuíram para esse conhecimento. No capítulo III, enfatiza-se a importância do Trabalho de Campo (TC), organizado numa perspectiva construtivista, no ensino das Ciências Naturais. Segue-se a caracterização do modelo de organização do TC, de Nir Orion, que serviu de orientação para a elaboração de uma proposta de planificação de actividades de campo, que inclui dois roteiros para saídas de campo, articulados com uma visita de estudo ao Ecomuseu do Zêzere. Elaboraram-se materiais didácticos de apoio para o professor, com a informação necessária à implementação de actividades antes, durante e depois da saída de campo, e guiões de trabalho para os alunos. ABSTRACT: The Serra da Estrela, where it is located the highest point in continental Portugal, is a unique place for the morphological study of glaciated and non glaciated terrains of granite origin. From a lithological point of view, this region is constituted by hercynian granitic rocks, intruded in pre-ordovician metassediments of the Complexo Xisto-Grauváquico. The general topography of the massive, namely the platforms located at different levels and limited by steep slopes, which dominate the Mondego and Cova da Beira depressions, shows its tectonic origin. The vegetation found here is also of particular interest, not only because of its diversity, but also because of the existence of endemic species in the region and because it is one of the few areas in Portugal where we can find species adapted to snow and ice. The altitude of Serra da Estrela massive, allied with climatic characteristics, type of soils and insulation conditions, has a great influence in the distribution of vegetation and in the development of different vegetation zones. The fact that the major part of the massive is included in the Parque Natural da Serra da Estrela, the existence of a biogenetic reservation area in the highest part of the massive and the recent inclusion of the Parque Natural in the Rede Natura 2000, makes this region a special place for the purposes of environmental education. The location in the centre of the country and the good conditions of accessibility are also factors that must be taken in account to understand the interest of this region as an area for the development of field work with students. This work is intended to constitute an orientation tool for the teachers of Natural Sciences that are interested in the implementation of field work in the 3rd level of Basic School, in particular in the 8th grade, with the objective of integrating the contents of Earth External Dynamics and Ecology. After the general presentation of the work in the 1st Chapter, the 2nd Chapter deal with the characterisation of the geology, morphology, types of soil, clime and vegetation, the human influence in the distribution and evolution of vegetation. The 3rd Chapter is dedicated to the importance of field work in Natural Sciences, organised in a constructivist perspective, and to the characterisation of the Nir Orion model for the planning of field work. This model was the base for the elaboration of two field trips, and a visit to the Zêzere Ecomuseu, which are supported by didactic materials, in particular a Guide Book for the students and another for the teachers, with the necessary information to implement all the proposed activities before, during and after field work.
description: Mestrado em Ensino da Geologia e Biologia
URI: http://hdl.handle.net/10773/2693
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
GEO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file sizeformat
2007001121.pdf84.24 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2