DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Engenharia Mecânica > MEC - Dissertações de mestrado >
 Certificação energética de edifícios existentes
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/2528

title: Certificação energética de edifícios existentes
authors: Nabiça, Tiago Manuel Parente
advisors: Martins, Nelson
keywords: Engenharia mecânica
Eficiência energética
Edifícios
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Dada a importância da fatia energética consumida no sector dos edifícios, a União Europeia impôs aos seus Estados Membros a aplicação de regulamentações térmicas neste sector. Em Portugal encontra-se em vigor o RCCTE para novos edifícios e, recentemente, o método simplificado do RCCTE para edifícios existentes, o despacho 11020/2009. O presente trabalho de dissertação pretendeu comparar a variação nas necessidades e na classificação energética das fracções seleccionadas em função da aplicação isolada de cada simplificação ao RCCTE, bem como a aplicação do método simplificado nas diferentes regiões climáticas de Portugal continental. Foi analisado um edifício unifamiliar em periferia urbana e três fracções de um edifício multifamiliar em regime urbano. Foram seleccionadas quatro regiões climáticas que representassem, para Portugal, o Inverno e Verão mais e menos rigorosos. Assim, analisou-se os concelhos de Beja, Manteigas, Peniche e Portimão. Os resultados obtidos indicam que as simplificações a coeficientes de transmissão térmica da envolvente opaca são, de entre as simplificações presentes no despacho 11020/2009, as que causam maior aumento nas necessidades energéticas destas. Relativamente a regiões climáticas, constatou-se que a aplicação do método simplificado do RCCTE prejudica mais a classificação das fracções quando aplicado na região climática de Inverno I3. ABSTRACT: Given the significant energetic slice that is consumed in the building area, the European Union imposed the enforcement of thermal regulations in this sector to his state members. For new buildings Portugal uses the RCCTE and recently, for the existing ones, Portugal uses the simplified method of RCCTE, dispatch 11020/ 2009. The present dissertation study aimed to compare the variation in the needs and in the energetic classification of the selected fractions considering the isolated application of each simplification of RCCTE as well as the application of the simplified method in the different climatic regions in Portugal continental. It was analyzed a single-family building in urban periphery and three fractions of a multi-family building in urban space. They were selected four climatic regions which represented the most and the less severe winters and summers in Portugal. Therefore, they were analyzed the counties of Beja, Manteigas, Peniche e Portimão. The results suggest that, within the simplifications presented in the dispatch 11020/2009, the simplifications to the coefficients of thermal transmission of the opaque envelope are those which cause the biggest improvement in hers energetic needs. Relatively to climatic regions the results evidence that the application of the simplified method of RCCTE is more impairing for the fraction classification when it is used in the climatic region of winter I3.
description: Mestrado em Engenharia Mecânica
URI: http://hdl.handle.net/10773/2528
appears in collectionsMEC - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file sizeformat
2010000623.pdf3.58 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2