DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Engenharia Mecânica > MEC - Dissertações de mestrado >
 Impacte dos radares de controlo de velocidade no desempenho do tráfego
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/2505

title: Impacte dos radares de controlo de velocidade no desempenho do tráfego
authors: Borges, José Nuno Quintanilha Castro
advisors: Coelho, Margarida Isabel Cabrita Marques
keywords: Engenharia mecânica
Tráfego urbano
Segurança rodoviária
Controlo de velocidade
Radares
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: A presente Dissertação consiste em investigar o impacte dos radares de controlo de velocidade em termos de sinistralidade, desempenho do tráfego e emissões de poluentes. O caso de estudo analisado foi a Via Cintura Interna (VCI), no Porto. A metodologia utilizada baseou-se em análise dos arquivos de acidentes registados na cidade do Porto, filmagens e uso de um GPS ao longo de um pequeno traçado antes, durante e após o radar, onde depois através dos perfis de velocidade calcularam-se as emissões de poluentes através de uma metodologia baseada no conceito “Potência Específica do Veículo”. Os resultados da análise dão a conhecer a importância do radar em termos de redução de velocidade contribuindo para a quase inexistente sinistralidade na zona em que actuam. Para o radar analisado as emissões de poluentes são menores quando comparada com as emissões no caso de o veículo circular a velocidade constante, simulando assim a inexistência do radar. De entre os resultados obtidos destacam-se os condutores que pretendem sair da VCI após o radar e que mantêm a velocidade de passagem pelo radar praticamente constante até a próxima saída. Os sinistros mais próximos da zona de radar dão-se a mais de 1 km de distância deste, e é a faixa etária entre os 20 e 35 anos que apresenta um maior registo de acidentes. Quanto ao nível de emissões, o declive descendente a 250 metros após o radar contribuiu para que as emissões fossem menores. Fazendo a simulação para os mesmos perfis de velocidade mas sobre uma via com declive 0% a presença do radar iria contribuir para um aumento entre os 3,4% a 6,6% de CO2 para veículos a gasolina e a gasóleo. Para o radar investigado é possível afirmar que este contribui para a redução de velocidade dos automobilistas para valores dentro dos permitidos por lei ainda que tal seja circunscrito no espaço 500 metros antes e depois do radar, tornando esta zona praticamente imune a acidentes e para uma redução de gases poluentes apesar de estes valores serem influenciados pelo declive da via em estudo. ABSTRACT: The main objective of this thesis is to investigate the impact of speed control radars in terms of road accidents, traffic performance and pollutant emissions. The selected case-study was the “Via Cintura Interna (VCI)”, in Oporto. The methodology was based on the analysis of the accidents’ registrations in the city of Oporto, as well as traffic videotaping and GPS measurements over a path before, during and after the radar to collect speed profiles. The pollutant emissions were calculated using a methodology based on Vehicle Specific Power. The results show the importance of the radar in terms of speed reduction by contributing to the almost non-existent accident in the area where they are installed. For the analyzed radar, pollutant emissions are lower when compared with emissions in the case the vehicles circulate at constant speed, simulating the inexistence of speed radar. Among the results, the behaviour of drivers that intend to leave VCI after the speed radar and that keep the circulation speed almost constant until the next exit must be emphasized. The crashes that were registered had occurred 1 km away from the radar zone, and the largest number of accidents occurs with drivers with ages between 20 and 35 years old. In relation to emissions, the descending slope 250 meters after the radar has helped to ensure that emissions were lower when compared with the situation of radar inexistence. Analysing the scenario for the same speed profiles but on a road with a 0% slope, it can be concluded that the presence of the radar would contribute to an increase of 3.4% to 6.6% in CO2 emissions for gasoline and diesel vehicles. For the investigated radar it is possible to say that it contributes to the reduction of vehicle speeds to values within the allowed by law although this is limited within 500 meters before and after the radar, which leads to an area largely immune to accidents and also to the reduction of gases. It must be emphasized that these values are influenced by the slope of the highway under study.
description: Mestrado em Engenharia Mecânica
URI: http://hdl.handle.net/10773/2505
appears in collectionsMEC - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file sizeformat
2010000271.pdf2.08 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2