DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Economia, Gestão e Engenharia Industrial > DEGEI - Dissertações de mestrado >
 Stock markets and their relationship with expectations
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/1802

title: Stock markets and their relationship with expectations
authors: Bastião, Rita Maria Ribeiro
advisors: Pinho, Joaquim Carlos da Costa
keywords: Mercados financeiros
Bolsa de valores
Gestão de risco
issue date: 2010
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O objectivo principal desta dissertação de mestrado é contribuir para um melhor entendimento do mercado de acções e do seu posicionamento ao longo do tempo, dada a sua importância na economia de um país. Para alcançar este propósito, começaremos por analisar o comportamento do mercado de acções, avaliando em que medida as condições económicas influenciam, ou são influenciadas por este, elegendo como indicadores relevantes não apenas variáveis de sentimento, como são os indicadores de confiança dos consumidores e empresas, mas também a produção industrial. Se os resultados obtidos forem conclusivos, então poderemos ter uma possível ferramenta para antecipar a evolução futura deste mercado, reconhecendo os ensinamentos obtidos de um passado presente. Esta investigação apresentase com um carácter inovador, uma vez que é pioneira, tanto quanto julgamos saber, ao associar os três pilares fundamentais em que assenta a economia de um país: no campo da psicologia económica, indicadores de confiança expressos pela confiança dos consumidores e empresas, no lado da economia real incorpora-se a produção industrial, combinando-se com os índices do mercado bolsista, no campo financeiro. A nossa amostra é constituída pelos Estados Unidos da América, Japão e mais sete países europeus, nomeadamente Reino Unido, Portugal, Espanha, Grécia, Alemanha, França e Itália, para colmatar uma escassez de literatura neste cenário global, entre 1978 e 2009, com frequência trimestral, utilizando o modelo VAR, como sendo mais adequado. A evidência empírica sugere que a confiança dos consumidores e das empresas, juntamente com a produção industrial desempenham um papel explicativo no mercado de acções, embora com algumas excepções, apesar de um impacto menos significativo das primeiras variáveis. Na situação oposta, um choque do lado do mercado de acções conduz a uma forte e significativa resposta das variáveis de confiança e produção industrial, contrariando a nossa hipótese inicial. Estes resultados deverão ser analisados atendendo às especificidades de cada país. Adicionalmente os resultados indiciam que os preços das acções respondem de forma apenas contemporânea aos seus próprios choques, enquanto a confiança das empresas parece estar directamente relacionada com o índice de produção industrial. Neste cenário, parece-nos um importante contributo o estudo do mercado de acções e a sua relação com as expectativas. ABSTRACT: The main purpose of this master thesis is to contribute to a better understanding of the stock market and its positioning over time given its importance in the economy of a country. To achieve this goal, we will start with the analysis of the stock market behavior, evaluating to what extent do the economical conditions influence or are influenced by it, by selecting as relevant indicators, not only the variables of the expectations expressed by consumers and business confidence, but also those of the industrial production. Should the obtained results be conclusive, then we may have a possible tool to anticipate the future evolution of stock markets recognizing the past and present learning’s. This investigation has an innovative character as it combines, for the first time, as far as we know, the three fundamental pillars that sustain a country’ economy: consumer’s and business confidence on the psychological economics field, industrial production of the real economy, and equity indices in the financial area. Our sample collects data from US, Japan and seven more European countries, UK, Portugal, Spain, Greece, Germany, France and Italy, to fill the lack of literature for this whole scenario, since 1978 until 2009, electing the VAR model for methodology, as the most accurate. The empirical evidence suggests that consumers and business confidence, along with industrial production play an explanatory role for stock markets, with some exceptions, even though with a weaker impact of the first ones. On the contrary, a share price shock leads to a strong and significant response of the confidence variables and industrial production as well, contradicting our prior hypothesis. These results should be analyzed taking into consideration the countries specificities. Moreover, results suggest that share prices only respond contemporaneously to their own shocks, while business confidence index was found to be closely related to the industrial production index. It can thus be said that it is an important contribute the study of stock markets and their relationship with expectations.
description: Mestrado em Economia
URI: http://hdl.handle.net/10773/1802
appears in collectionsDEGEI - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2010001436.pdf2.4 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2