DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Economia, Gestão e Engenharia Industrial > DEGEI - Teses de doutoramento >
 A influência do terrorismo nos comportamentos de viagem internacionais
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/1798

title: A influência do terrorismo nos comportamentos de viagem internacionais
authors: Moreira, Cláudia Patrícia de Almeida Seabra
advisors: Kastenholz, Elisabeth
Abrantes, José Luís Mendes Loureiro
keywords: Gestão do turismo
Turismo internacional
Segurança internacional
Comportamento do consumidor
Tomada de decisão
issue date: 2010
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: A partir de uma amostra de 600 turistas internacionais que circulam em Portugal, Espanha e Itália, este estudo identifica as principais os conceitos chave relacionados com o terrorismo, a percepção de risco, envolvimento e motivação para a segurança dos turistas internacionais. Diferentes níveis de preocupação relativamente à segurança pode influenciar as decisões dos turistas. No seu processo de decisão, os turistas avaliam vários factores, nomeadamente, o nível de risco ou de segurança que consideram nos destinos (Sonmez, 1998). Os turistas adoptam uma atitude protectora alterando os seus comportamentos durante os processos de decisão, substituindo os destinos que consideram inseguros por outros associados a uma maior segurança (Gu & Martin, 1992; Mansfeld, 1996). O terrorismo exacerbado pelos media tem efeitos graves nas receitas dos destinos turísticos (Taylor, 2006). Através da publicidade negativa, um destino turístico que experiencia um incidente terrorista pode ver a sua reputação danificada e a actividade turística severamente comprometida (Sonmez, 1998). Inclusivamente, a imageme negativa de um destino pode ser generalizada e pode também afectar outros países ou regiões por períodos de tempo indeterminados (Taylor, 2006). Um modelo de equações estruturais revela que os turistas são motivados para adquirir informação sobre o terrorismo nos media, nomeadamente mostram atenção e interesse sobre essas notícias e esse facto influencia directamente o seu risco percebido. A percepção de risco influencia directamente o envolvimento dos turistas no planeamento da viagem, especificamente a procura de informação antes da viagem e quando estão no destino. A percepção de risco e o envolvimento dos turistas influencia a percepção da importância da segurança.A discussão foca as implicações deste modelo para a teoria e para as instituições e organizações turísticas. São igualmente apresentadas recomendações para os gestores e promotores dos destinos e para os gestores das organizações turísticas. Direcções futuras de investigação são igualmente apresentadas. ABSTRACT: Using a sample of 600 international tourists travelling in Portugal, Spain and Italy, this study identifies key issues related with terrorism, risk perception, involvement and motivation to safety of international tourists. Different levels of concerning related with safety can influence tourists’ decisions. In their decision process, tourists evaluate various factors, namely the level of risk or safety they consider in the destinations (Sönmez, 1998). Tourists adopt a protective attitude changing their behavior during the decision processes, replacing destinations considered unsafe for others with more security (Gu & Martin, 1992; Mansfeld, 1996). Terrorism has serious effects on tourist destinations’ revenues, which are exacerbated by media coverage (Taylor, 2006). Through negative publicity, a tourist destination that experiences a terrorist incident can see its reputation damaged and its tourism industry can be severely compromised (Sonmez, 1998). Inclusively, a negative image of a destination can be generalized and may also affect other countries or entire regions for indefinite periods of time (Taylor, 2006). A structural model reveals that tourists are motivated to acquire information about terrorism in the media, namely they show attention and interest in those news and that influences directly their risk perception. The risk perception influences directly the involvement of tourists in the trip planning, specifically information seeking before the trip and when they are in the destination. Risk perception and tourists’ involvement influences the tourists’ importance perception of safety. Discussion centers on the implications of this model to theory and managerial development of tourism and services strategies. Recommendations for destinations managers and promoters and tourist organizations administrators are addressed. Directions for future research are also presented.
description: Doutoramento em Turismo
URI: http://hdl.handle.net/10773/1798
appears in collectionsDEGEI - Teses de doutoramento
UA - Teses de doutoramento

files in this item

file description sizeformat
2010001419.pdf25.21 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2