DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Supervisão em ensino clínico de enfermagem : o stress dos tutores e a influência no apoio percebido pelos estudantes
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/1342

title: Supervisão em ensino clínico de enfermagem : o stress dos tutores e a influência no apoio percebido pelos estudantes
authors: Paiva, Luís António Rodrigues
advisors: Pereira, Anabela Maria de Sousa
Mendes, Aida Maria de Oliveira Cruz
keywords: Supervisão
Ensino da enfermagem
Tensão psicológica
issue date: 2008
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Nos Cursos de Licenciatura em Enfermagem a formação prática assume uma grande importância, até pela expressiva carga horária com que é contemplada. Realizada, maioritariamente, em contexto hospitalar e de saúde comunitária, a orientação/supervisão dos estudantes, antes efectuada pelos docentes, é agora, em muitos casos, assumida por enfermeiros dos serviços, chamados a colaborar neste processo de aprendizagem, como tutores. A supervisão em ensino clínico tem sido alvo de diversos estudos, muitos na perspectiva dos estudantes. Atendendo a que existe pouca literatura direccionada para os tutores, este trabalho pretende analisar se o stresse por eles vivenciado (a enfermagem é uma profissão com elevados níveis de stresse) pode interferir no apoio dispensado aos estudantes. Desenvolvemos um estudo de cariz quantitativo, de natureza descritivocorrelacional. Utilizou-se um protocolo de questionários (características sóciodemográficas, Escala de Assertividade de Rathus, Perceived Stress Scale, de Cohen e Supervisory Support Scale, de McGilton), aplicado a um total de 322 indivíduos (161 pares estudante-tutor). Os resultados obtidos evidenciaram, nos tutores, baixos níveis de stresse e níveis razoáveis de assertividade e nos estudantes baixos níveis de stresse, níveis razoáveis de assertividade e a percepção de muito apoio por parte dos tutores. Os estudantes com menor stresse e uma maior assertividade percepcionam mais apoio por parte dos tutores, tendo evidenciado melhor desempenho clínico. Verificámos também, que o apoio percebido não parece depender das características do tutor, nomeadamente da idade, tempo de exercício profissional ou tempo no actual serviço, tutorias realizadas, sobrecarga de trabalho, formação pedagógica ou assertividade. São referidas implicações práticas a nível da formação inicial e contínua no que diz respeito a estratégias de supervisão dos estudantes e do privilégio da dimensão relacional no contexto do ensino clínico. ABSTRACT: Practical training is of great importance for the Licentiate Degree Courses in Nursing, even seen in the significant number of working hours contemplated. The guidance/supervision of students, mainly carried out in hospital and community health contexts and, in the past, by teachers, is nowadays, in many cases, carried out by service nurses, called to collaborate in this learning process as tutors. The supervision in clinical training has been the subject of several studies, many from the perspective of the students. Given that there is little literature targeted for tutors, this work seeks to examine whether the stress experienced by them (nursing is a profession with high levels of stress) may interfere with the support provided to students. We have developed a quantitative, descriptive-correlational study. A protocol of questionnaires (socio-demographic characteristics; Rathus Assertiveness Scale: RAS; Cohen’s Perceived Stress Scale: PSS and McGilton’s Supervisory Support Scale: SSS) was used, applied to a total of 322 individuals (161 student-tutor pairs). Among tutors, the results showed low levels of stress and reasonable levels of assertiveness and students in low levels of stress, moderate levels of assertiveness and the perception of a lot of support from the tutors. Students with less stress and greater assertiveness perceive more support from tutors, having shown a better clinical performance. We also noted that the perceived support does not seem to depend on the characteristics of the tutor, namely the age, period of professional practice or current service, tutoring carried out, overload of work, pedagogical training or assertiveness. Practical implications at the level of initial and continuous training are mentioned, with respect to strategies for supervision of students and the privilege of relational dimension in the context of clinical training.
description: Mestrado em Supervisão
URI: http://hdl.handle.net/10773/1342
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2008001867.pdf12.11 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2