DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Promoção e comportamentos de saúde : intervenção diagnóstica no cancro da mama
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/1044

title: Promoção e comportamentos de saúde : intervenção diagnóstica no cancro da mama
authors: Pereira, Alexandra Cristina Martins
advisors: Pereira, Anabela Maria de Sousa
keywords: Psicologia social
Cancro da mama
Atitudes perante a doença
Estratégias de adaptação emocional
Prevenção da doença
issue date: 2008
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O presente trabalho pretende caracterizar comportamentos de saúde e analisar emoções e sentimentos de dois grupos de mulheres, tendo sido efectuados dois estudos. O primeiro estudo foi realizado com uma amostra de 350 mulheres que realizaram o rastreio do cancro da mama numa unidade móvel da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), no qual procuramos caracterizar os comportamentos de saúde das mesmas tendo em consideração as crenças de saúde, os níveis de optimismo disposicional, e a preocupação em ter cancro da mama. As crenças de saúde foram avaliadas através Susceptibility, bebefits and barriers scale of mamogram (Champion, 1994), o optimismo disposicional foi avaliado através Teste de orientação para a vida, Monteiro, Pereira & Tavares, 2006) e a preocupação em ter cancro da mama através da Breast câncer worry scale (Lerman, 1991). As mulheres forneceram ainda dados sociodemográficos, dados clínicos e de história familiar de cancro da mama. O segundo estudo foi efectuado numa amostra de 4 mulheres com diagnóstico de cancro da mama sendo duas destas voluntárias do Movimento Vencer e Viver. Neste estudo procuramos identificar as estratégias de coping, a importância atribuída ao suporte social e as expectativas de vida face a um diagnóstico de cancro da mama. Como instrumento de avaliação utilizamos uma entrevista semi-estruturada que foi realizada individualmente com cada uma das mulheres. Deste trabalho de investigação podemos apresentar os seguintes resultados: as mulheres com apoio social apresentam níveis mais elevados de susceptibilidade e benefícios do rastreio mamográfico; os comportamentos de adesão parecem ser influenciados pela história familiar de cancro da mama, pelo estado civil e pelos níveis etários. Os resultados em geral levam-nos a concluir que os comportamentos de saúde deverão ser instrumentos de investigação mais aprofundados, nomeadamente no que respeita aos comportamentos de saúde a adoptar de forma a promover estilos de vida saudáveis. O rastreio do cancro da mama foi considerado como muito importante, principalmente para uma amostra com poucas qualificações profissionais, e muito homogénea em termos culturais. Os resultados obtidos sugerem a implementação de programas de promoção e educação da saúde em todas as camadas populacionais. ABSTRACT: The present investigation intends to characterize behaviors of health of two distinct groups of women: The first study it shows a sample of 350 women who had carried through the breast cancer screening in a mobile unit of Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), in which we look for to identify and to analyse some beliefs of health of the same ones having in consideration the health beliefs, the levels of dispositional optimism, and the concern in having cancer of the breast. The health beliefs had been evaluated through Susceptibility, benefits and barriers scale of mamogram (Champion, 1994), the dispositional optimism was evaluated through Life Orientation Test, Monteiro, Pereira & Tavares, 2006) and concern in having cancer of the breast through the Breast cancer worry scale (Lerman, 1991). The women had still supplied given sociodemografics, clinical data and of familiar history of cancer of the breast. As the study two was carried in a sample of 4 women with diagnosis of breast cancer being two of these volunteers of the Movimento Vencer e Viver. In this study we look for to identify the strategies of coping, the importance attributed to the social support and the life expectancies face to a diagnosis of breast cancer. We use a half-structuralized interview that was carried through individually with each one of the women. Of this work of inquiry we can present the following ones results: the women with social support present lower of susceptibility and benefits of the mammogram screening; the adhesion behaviors seem to be influenced by the familiar history of breast cancer. The results in general take to conclude them it nominated that the health behaviours will have more to be deepened instruments of inquiry, in what it respects to the health behaviors of form to promote life styles healthful. The tracing of the cancer of the breast as it was considered as very important, mainly for a sample with few resources and little qualified, having been related some practical implications for the education for the health.
description: Mestrado em Activação do Desenvolvimento Psicológico
URI: http://hdl.handle.net/10773/1044
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2009001352.pdf1.68 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2